75ª Volta a Portugal arranca hoje com prólogo em Lisboa

Arranca, esta quarta-feira, em Lisboa, a 75.ª Volta a Portugal em bicicleta, com um prólogo de cinco quilómetros por equipas, numa edição que vai de Lisboa a Viseu, no dia 18, e onde se procura o sucessor do pentacampeão David Blanco.

São 1607,2 quilómetros para pedalar entre Lisboa e Viseu. Esta é a proposta da organização, a que responderam 17 equipas e 153 corredores que vão lutar pelo lugar mais alto do pódio da edição 75, a das Bodas de Diamante, da Volta a Portugal.

A Grandíssima, como é conhecida a Volta, sai para a estrada à procura do sucessor do pentavencedor David Blanco, espanhol que deixou a bicicleta aos 38 anos.

Ao longo de 11 dias de competição, com um de descanso pelo meio, o pelotão nacional cobre um percurso desenhado, uma vez mais, exclusivamente a norte do Tejo.

Com um prólogo por equipas a abrir as hostilidades, as decisões deverão ser tomadas entre os dias 14 e 17, quando a montanha entra forte no circuito, finalizando com o contra relógio individual. A primeira triagem far-se-á na 4.ª etapa, com a chegada à Sr.ª da Graça, em Mondim de Basto.

Para o diretor da Volta, Joaquim Gomes, duas vezes vencedor da prova, a seleção será feita após o descanso. “A grande trilogia desta volta vem depois do dia de descanso. Com três etapas muito complicadas, a primeira abordagem à serra na etapa que liga Termas de Monfortinho a Gouveia, com passagem via Covilhã, nas Penhas da Saúde, via Manteigas nas Penhas Douradas e o final em Gouveia. Depois a etapa rainha, que sobe a serra pela vertente mais comprida, a partir de Oliveira do Hospital, via Seia, Sabugueiro, Torre. Mas antes de lá chegar houve já uma subida com cerca de 20 km e depois a escalada final à Torre. Depois deste desgaste o contrarrelógio do Sabugal à Guarda será fulcral”, explicou.

Tudo isto será feito sem direito a bonificações, ou seja, o vencedor terá de ser sempre o que conseguir melhor tempo real, o que representa um regresso ao purismo.
A chegada e consagração do vencedor das bodas de diamante será feita em Viseu, local que já se tornou um hábito no último dia da prova.

Em busca de 124.954,5 euros, o valor total dos prémios atribuídos, estarão 17 equipas, onde há 29 nacionalidades, com destaque para os 41 portugueses e 19 espanhóis.

jn.pt

LEIA TAMBÉM

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …

frio

Frio vai acentuar-se amanhã, mas sem previsão de chuva para os próximos dias

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para amanhã uma descida das …