9ª Feira do Porco e do Enchido já mexe em Meruge

 

Acontece assim há noves. A Lage Grande e espaço envolvente, localizada em Meruge e conhecida em toda a região, volta a servir de palco à mostra onde o porco e os enchidos são reis.

Trata-se da 9ª feira do Porco e do Enchido que continua a querer prestar homenagem aos comerciantes de carne de porco e preservar e promover a excelência da sua arte ancestral de fazer o fumeiro. Um desígnio que, no entender da organização, já foi ultrapassado, ao ponto de situar o certame “no patamar das mais originais e ricas mostras do Mundo Rural e da gastronomia tradicional da região centro”.

Contudo, mais do que mostrar o que de melhor se faz na freguesia, a iniciativa pretende dar provas de que “o mundo rural tem potencialidades para impor a qualidade dos seus produtos e que não se resigna a assistir passivamente ao seu declínio”.

À semelhança do que aconteceu em anteriores edições, apreciadas até agora por largos milhares de forasteiros, a 9ª edição da Feira do Porco e do Enchido vai contar com animação e “festa permanente”, com a novidade de ser prestada homenagem aos merugenses que se notabilizaram de alguma forma no início do século passado. Tal vai acontecer pela mão do grupo Vivarte que vai reviver em Meruge os tempos da implantação da República. José da Paz ou Albano Paulo são alguns dos nomes a homenagear em dia de festa, onde também terá lugar a leitura dos editais de mobilização, desfiles de soldados pelas ruas e outras recreações.

O teatro de rua vai também ser uma constante num certame que também ganhou fama pelas iguarias gastronómicas que servem de consolo ao estômago dos forasteiros. “Arroz de Suã”, “Torresmos à Moda de Meruge”, “Feijoada à Moda de Nogueirinha”, são alguns dos pratos a degustar que disputam lugar cimeiro às chouriças, salpicões, farinheiras, presuntos curados e morcelas de sangue.

Artesanato, agricultura familiar, concurso de doçaria tradicional, mostra do porco bísaro, fabrico de chouriças ao vivo também serão uma constante no certame, a par do jogo “em busca do leitão perdido” e a animação musical a cargo de um conjunto variado de grupos.

Ainda que todas as atenções recaiam no dia 13 de novembro, o evento é precedido, no dia 12 a partir das 21h00, pela realização do magusto tradicional e o espetáculo circense em malabares de fogo “A Cobiça da Prússia”, pelo Vivarte, na Lage Grande. Na Associação dos Amigos de Meruge decorrerá um concerto de concertinas e um espetáculo de música com o grupo “Fonte da Pipa”.

LEIA TAMBÉM

“O presidente diz que Oliveira está na moda. Adarnela só se for na moda da idade da pedra. Não tem água, nem saneamento”

Quem chega a Adarnela, no concelho de Oliveira do Hospital encontra uma localidade dividida entre …

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …