José Sócrates detido quando regressava de Paris

A detenção de José Sócrates na comunicação social internacional

A detenção de José Sócrates está a correr mundo. Eis as principais notas de alguns dos órgão de comunicação social internacional:

Veja (Brasil): “Ex-premiê português José Sócrates é detido por corrupção”.“Político socialista é investigado por suposto envolvimento em esquema de remessas secretas de capitais ao exterior e lavagem de dinheiro”.

BBC (Inglaterra): “O antigo primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, foi detido em Lisboa na sequência de uma investigação sobre lavagem de dinheiro e corrupção”.

El Mundo (Espanha): Detido ex-primeiro-ministro português José Sócrates por fraude fiscal”. “O carismático barão socialista à beira do precipício”.

O El País (Espanha): Detido ex-primeiro-ministro português por corrupção”. “Terramoto político em Portugal”.

Der Spiegel (Alemanha):”Escândalo de corrupção em Portugal. Ex-primeiro-ministro Sócrates detido”.

Le Monde (França): “Antigo primeiro-ministro José Sócrates detido por fraude fiscal”.

LEIA TAMBÉM

Município de Oliveira do Hospital vai vistoriar todas as Associações do concelho para evitar uma tragédia semelhante à que ocorreu em Vila Nova da Rainha

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital já constituiu uma comissão que irá analisar se …

Horário alargado no Carnaval para restaurantes e bares de Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital decidiu hoje conceder um alargamento do horário de …

  • Esquerdelho

    E diz-se esta gente de esquerda. Usam e abusam dos lugares públicos, em proveito próprio. Vão desde o empreguito de 500 euros às grandes golpadas como as agora em análise. E acham que são a solução do País…e cortam nos salários, nas reformas, nos remédios… em tudo..Será que ainda vai haver quem vote neste tipo de gente..? Claro que não me esqueço dos Menezes, dos Duartes Limas et etc…

  • Luis Felgueira

    Que grande admiracao!! Nao era Jose Socrates que se vestia em Los Angeles na mesma loja que vestia Obama? Nao era nessa loja que um par de meias custava 250€? Quando o poder, ambição e dinheiro andam lado a lado dá nisto. É isto o estado de direito? Cambada de FDP! OHP é o espelho da mm politica. Uma vergonha

  • O Chaves

    Deram-lhe as chaves da Covilhã, ainda bem, se lhe têm dado as chaves da cela, onde é que o aldrabão já estaria?

  • Luís Felgueira

    Sócrates encontrou-se na terça-feira com Pinto Monteiro, Ex-PGR. Almoçaram numa área reservada do restaurante Aviz, em Lisboa. Agora percebe-se todo o arquivamento doutros processos e queima de provas e o porquê do ‘Vale e Azevedo’ da política já saber de antemão que iria ser ouvido no âmbito deste novo processo. Só não sabia era que iria ser detido.

    O Sócrates foi esperto. Para não ser atacado toca de apadrinhar amigos e abrir os cordões-à-bolsa e atribuir subsídios, subvenções, auxílios financeiros, etc. Daí haver muitos que continuam a achar que Sócrates era um visionário.

    Isto faz lembrar algumas autarquias!

  • Esquerdelho

    Se não fosse esse “guarda chuva” o Freeport e o Face Oculta, acabavam como acabaram..? Agora com a justificação da origem do dinheiro é que a “coisa” se vai complicar…Tenho a certeza que muita gente anda a dormir menos e mal…

  • Guerra Junqueiro

    Andam a alimentar as nossas duvidas com a justificação dos 20 milhões de euros, então é isto:

    1) Apurar a aquisição das valiosas obras de arte que José Sócrates possui. Se for provada a origem ilegal dos fundos e do património, apreender a sua coleção de arte, com urgência.

    2) Apurar a sua intervenção nos casos da venda da Vivo e de compra da Oi, no Brasil. O saldo na venda da participação da PT de 30% da Vivo, entre o veto de Sócrates ao negócio, usando a golden share do Estado, em 30 de junho de 2010, e a sua permissão, 28 dias depois, é de 350 milhões de euros (7.500.000.000 – 7.150.000.000 = 350.000.000). Também a compra da Vivo suscitou dúvidas em Portugal e no Brasil.

    3) Apurar a sua intervenção na centena de parcerias público-privadas, além dos negócios feitos com o grupo Lena em Portugal e no estrangeiro (Venezuela).

    4) Apurar o papel de Sócrates, se existiu, na tomada do BCP pelos seus amigos, nomeadamente Armando Vara, com a concessão pela Caixa Geral de Depósitos a Joe Berardo de 500 milhões para aquisição de ações do banco (decidida por administradores da Caixa que meses depois transitaram para… a administração do BCP).

    5) Apurar o relacionamento de José Sócrates com o grupo Espírito Santo, referido, pelo CM, de 21-10-2012, nomeadamente Ricardo Salgado, atendendo a uma conversa do ex-primeiro-ministro com José Maria Ricciardi do grupo BES, numa conversa em que se tratam por tu (!), Sócrates lhe diz que não consegue falar com Ricardo (Salgado) e lhe pede que «não se esquecessem do amigo que está em Paris».

    6) Apurar a sua intervenção, se houve, na alteração do Regulamento do Parque Natural da Arrábida que determinou a modificação do regime de exploração das pedreiras de cimento da Secil no Outão, em 23-8-2005.

    7) Apurar a utilização dos cartões de pagamento do Tesouro (Visa IGCP Carge Card), não apenas os usados pelo chefe de gabinete e pelo assessor administrativo de Sócrates, mas também pelos ministros, secretários de Estado e membros dos seus gabinetes, dos seus governos, com plafonds muito elevados, um processo por queixa da Associação Sindical de Juízes Portugueses, liderada pelo juiz António Martins, em fevereiro/março de 2012, que aparentava estar parado no DIAP e que só em junho de 2014 foi noticiado algum avanço.

    8) Apurar a sua intervenção, se alguma, na venda de títulos de dívida pública pelo IGCP (de Alberto Soares), na época de subida da taxa de juro portuguesa, que culminou no pedido de resgate financeiro do País à União Europeia e FMI, feito por José Sócrates em 6-4-2011.

    9) Apurar a regularidade da sua inscrição no mestrado em Ciência Política na Sciences-Po, e a validade do título se vier a ser decretada a nulidade da sua licenciatura, e como foi elaborado o seu mémoire, escrito em francês (!) ou em português com tradução para francês, e se contou com a ajuda de alguns nègres conhecidos, ou não.

    10) Apurar o seu controlo, a sua tutela e a sua orientação, dos serviços de informação do Estado que procederam a ações claramente ilegais de perseguição de cidadãos inocentes durante os seus anos de poder e que continuaram, aliás, depois disso, através das suas toupeiras rosa e seus aliados salmão.

    Isto não é sequer a ponta do icebergue.
    Isto não é o fim, nem tão pouco o principio do fim, nem sequer o fim do principio.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

  • Fuga de Informação

    Sim,sim…25 milhas é o que ficou “para gastos”…Lá vai ter que se gastar mais algum em cadeias…Se forem todos os que “têm direito” …vai ser preciso construir muito muro…

    • francisco campos

      aPOIO

  • Guerra Junqueiro

    O Supremo Tribunal de Justiça acaba de determinar que não há ilegalidade na prisão preventiva de José Sócrates por suspeita de corrupção, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais.
    Miguel Mota Cardoso, a quem coube a ideia de apresentar o habeas corpus, terá agora de pagar 3000 euros de custas judiciais e, após ser celebrado por algumas redacções como «jurista», pode agora voltar a ser conhecido por em 2007 se ter barricado nas instalações da Universidade Lusíada, no Porto.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

    • Não há?

      Decididamente, já não há Noronha. Perdão, já não há vergonha.