“A Ficacol já morreu, e este é o ano do nascimento da EXPOH”

“A Ficacol já morreu, e este é o ano do nascimento da EXPOH”, afirmou ontem – numa conferência de imprensa destinada à apresentação do certame – o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital.

Frisando que o lançamento de um evento anual destinado a substituir a Ficacol, que teve a sua última edição no ano de 2000, era uma dos projectos do seu programa eleitoral, José Carlos Alexandrino disse que a EXPOH 2010 é “uma feira com ambição” e cujo objectivo central é “projectar Oliveira do Hospital”.

“O nosso objectivo era ter 100 expositores, mas neste momento já vamos em 106”, frisou alexandrino, sem deixar de sublinhar que a “edição número zero” daquela feira regional “tem um programa transversal para agradar a pessoas de todas as idades”. “Vão ser nove dias memoráveis”, frisou.

Alexandrino tem aliás grandes expectativas quanto ao sucesso do evento, que decorrerá entre os dias 24 de Julho e 1 de Agosto, no parque do Mandanelho, e comprometeu-se com números. “Este ano queremos que a EXPOH seja visitada por 25 mil pessoas… e em 2011 por 40 mil”, afirmou o autarca eleito pelo PS, realçando o “trabalho por objectivos”.

Para o presidente da Associação de Desenvolvimento de Oliveira do Hospital e Tábua (ADI) – a entidade que organiza o evento em parceria com a câmara municipal – a EXPOH tem vindo a “ultrapassar as sucessivas metas”. José Francisco Rolo salientou que “a feira representa bem as diversidades do tecido económico de Oliveira do Hospital e da região”, e explicou que no certame vão estar em exposição vários sectores de actividade.

Aquele vereador falou ainda sobre o desígnio de “transformar esta mostra numa feira com impacto na região centro”.

Presente na conferência de imprensa, o vocalista dos “Anaquim”, José Rebola – o grupo de Coimbra sobe ao palco do Mandanelho na noite do dia 25 de Julho – felicitou a “versatilidade do cartaz” e dos nomes que “agradam” aos mais diversos públicos.

Na opinião do director da EXPOH, Francisco Rodrigues, “106 expositores é um número muito bom para quem arranca”, e o importante é proporcionar a esses expositores a “capacidade de gerarem negócios”.

“O que acontecer durante a semana da EXPOH vai marcar o êxito de próximas edições”, referiu o adjunto do presidente da Câmara, observando ainda que a autarquia oliveirense está a tentar que os custos desta feira estejam em equilíbrio com as receitas.

Pelo palco da feira – consulte aqui o programa completo  –, vão passar artistas como Pedro Abrunhosa, Anaquim, Quim Barreiros, flor-de-lis, Ana Moura e, no último dia, 1 de Agosto, os The Legendary tigerman.

LEIA TAMBÉM

Presidente da República a caminho de Oliveira do Hospital e António Costa reunido com presidentes de Câmara naquela cidade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está a caminho de Oliveira do Hospital …

Mais de uma centena de famílias desalojadas em Oliveira do Hospital aponta o presidente da Câmara

Mais de uma centena de pessoas ficaram desalojadas no concelho de Oliveira do Hospital por …