A sexta-feira que, segundo Alexandrino, pode mudar Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está a convidar a população do concelho a participar naquilo que pretende ser uma “grande manifestação” na próxima sexta-feira, 24 de Julho, pelas 18h00. Uma acção de protesto em defesa da saúde, da construção do IC6 e requalificação das EN 17 e 230, com concentração marcada para a rotunda do pastor, junto ao centro de saúde local e zona industrial, junto ao estaleiro municipal, antes de partirem em marcha lenta pela Estrada Nacional 17. Uma manifestação que, segundo José Carlos Alexandrino, promete transformar Oliveira do Hospital. “Sexta-feira será um novo dia para OH. Nada será como dantes”, prometeu

A liderar esta acção está o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, para quem o “concelho está doente” e que a “saúde um caos”. “Mas não nas competências que pertencem à autarquia, mas sim porque 1300 pessoas não têm médico de família. É um calvário”, sublinha o autarca, adiantando que espera uma grande jornada de luta. “Convoco todos a fazer aqui uma grande jornada para que o poder do Terreiro do Paço saiba que aqui existe gente.

O autarca espera com esta acção alertar igualmente o Governo para os problemas nas EN 17 e 230, bem como para as promessas não cumpridas de conclusão do IC6 e IC7. “O secretário de Estado das obras Públicas se fosse sério já se tinha demitido por não cumprir com a sua palavra de avançar com a obra em face de um entendimento entre os autarcas da região”, acusou Alexandrino, sublinhando que os autarcas entenderam-se e abdicaram da ligação de montanha. Mas nem assim a obra avançoou.

LEIA TAMBÉM

Autarcas avançam para tribunal para travar fecho dos CTT nas Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) anunciou hoje que vai avançar …

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

  • António Lopes

    Que o Concelho e o País não estão grande coisa,estaremos todos de acordo.Um País que deve 130% do PIB, não pode estar muito bem.
    Quanto a mim, pior que o País e o Concelho, está a classe política dirigente. A resposta e a solução que encontra, é a festa em cima da festa, desviando os recursos que deviam servir para resolver os problemas. E quando alguém não apara as emoções do momento, há que apelar aos sentimentos dos que sofrem para desígnios inqualificáveis. E porque gostamos de marcar as nossas posições nas horas certas, denunciamos esta iniciativa que em nada vai beneficiar o Concelho nem a resolução dos problemas.
    A Assembleia da Republica encerra , hoje , a legislatura. O governo, por norma, deve ser um governo de gestão, uma vez que estamos a menos de três meses de eleições.
    É agora, nesta altura, que o governo vai decidir o que quer que seja? Naturalmente a iniciativa tem outros objectivos que reputamos de eleitoralistas.Se, como tudo o indica, A coligação PSD/CDS, ganharem as eleições em que é que esta iniciativa ajuda, no futuro?
    Se for o PS a ganhar, não fica o problema resolvido..? Ou é para o lembrar que não pode ficar lá 13 anos, para fazer mais dois troços?
    Ainda há pouco mais de um mês, os Senhores Secretários de Estado eram os melhores do Mundo.Como ensinaram ao Sr. Presidente da Câmara o valor da discrição e como o Senhor Presidente da Câmara gosta de se pôr em “bicos” mais uma “fogachada”. Amanhã, vou tirar uma imagem do Google do Concelho.Sábado de manha, uma vez que nada será como dantes,vou analisar as diferenças..!
    Trabalho, bom senso, discrição,Senhor Presidente da Câmara… É disso que o Concelho precisa.Se fora eu, resolvia primeiro, o que dependesse de mim.E tem muito para resolver.Se precisar de ajuda para identificar, diga.
    Para que conste,definitivamente, neste momento e pelas razões apontadas,sou contra esta manifestação.O tempo se encarregará de demonstrar que é um erro.
    Manifestações de reivindicação deste teor a menos de três meses do fim do mandato.NÃO..! Politica Politiqueira. É disso que se trata..!

    António Lopes

    • Fashion

      Acaso, depois da “magna” reunião no Largo do Rato, da noite/madrugada passada, já é conhecida, em definitivo,, a lista dos deputados do PS por Coimbra às próximas legislativas?

  • Elementar

    Agora já percebo o Alexandrino quando dizia que tinha um “projecto revolucionário para a saúde”..! Afinal era a manifestação..!Revolução pura e dura..! Assim, sim…começa a ser revolucionário..! Será que é desta que vai aparecer a “guerrilha, o sangue e a dor”..?O Secretário de Estado não o quis receber, agora vai saber quem é o Alex..! Já anda a ser espalhado que os médicos que vieram não são médicos..! Nem digo o resto..! O que sei é que quem não tiver transporte vão busca-los..! Quem paga? Não era melhor guardarem o dinheiro para a saúde a sério..?

    • Elementar uma porra

      Não me digam que os médicos que vieram são veterinários?
      Este Alex está do melhor, agora que este parlamento findou é que vai fazer concentrações.
      Trabalhe mas é para apresentar as contas certas. Ando farto deste doido.

  • batista

    Mais folclore e show-off. O costume à laia brejeira que nos tem habituado o fanfarrão.

  • Adjunto de ordens

    “Nada será como dantes” !!! Pois não! Começa a haver fortes indícios que a coisa vai começar a piar fininho…Isto é só gasolina na fogueira…Andam aí umas listas de “Oliveira Unida” para se inscreverem para o transporte, quem é que paga aquilo? Depois, não digam que não avisei..!

    • Continhas

      Quais listas? Estas?
      Andam os presidentes de junta a recolher assinaturas, eu quero ver as contas disto.

  • Jornalismo da Moda

    Segundo o “nosso presidente”, já que nós somos “o seu Povo” (que me tire do baralho) Oliveira virou a “Cidade da Moda”. Eu acho que é mais dos fenómenos.
    Combinei com alguns amigos para se colocarem em locais estratégicos para “medir” a “passeata”.. Enquanto trocava telefonemas ia ouvindo a Rádio local. A jornalista “não via o fim da fila de carros ,bandeiras pretas, luvas pretas fora dos carros.Aos mihares”… Transpirava indignação dos Oliveirenses sem médico nem acessos, que o poder local só agora, em cima das eleições,descobriu. “Uma confusão ao pé dos semáforos da Pacocal”. Os meus amigos iam-me dizendo que tudo normal. Fila siml, mas de carros que querem andar e lhes estão a complicar a vida. Manifestação às 18, ao fim de semana, como é que podia correr mal…? Hora de o pessoal ir para casa..!Quanto ao jornalismo, esse nem é da moda… A costumada voz do dono,seja ele quem for e tenha a cor que tiver…Desde que caia qualquer coisa..!

  • António Lopes

    Estimados Munícipes: Na campanha eleitoral,usei da palavra em todas as freguesias,como a imagem/porta voz da Assembleia Municipal. Nesses momentos pedi a vossa confiança prometendo que ela se transformaria, para nós, em responsabilidade. Quiseram 24 ilustres cidadãos, também eles merecedores da vossa confiança,levar essa confiança ao extremo, substituindo-se a todos vós e, contrariando a vossa escolha,demitiram-me..! Ou pelo menos tentaram. Até que o tribunal lhes dê razão, se alguma vez lha der,continuo a sentir-me responsável, perante todos vós. É dentro dessa responsabilidade que vos quero informar que, às 24 00 horas de ontem sexta -feira, Oliveira do Hospital estava rigorosamente na mesma.Fiz uma primeira “inspecção” pelas 21 30 horas.No trajecto pude constatar que o (“meu Povo) a quem o senhor presidente apelou a uma grande manifestação,aquela hora, não eram mais de 200 pessoas.E tenho alguma, muita, experiência de contagem de ajuntamentos.Preocupei-me em estabelecer um controle de viaturas e, estou em condições para afirmar, incluindo as viaturas da Câmara e juntas de freguesia, não seriam mais de 250. Próximo às 24 00 horas, voltei a dar uma volta pelo Concelho.Contactei pessoalmente os Senhores comandantes das duas corporações de Bombeiros , do nosso Concelho, que me receberam com a costumada amizade e cortesia, que desde já agradeço.Ambos me disseram que nada de anormal lhes tinha sido comunicado e nenhuma ajuda lhes tinha sido pedida.O Cavaleiro continuava na sua estátua, várias vezes confirmai até por ser passagem obrigatória.Presumo que , também, no seu eterno descanso, na Capela dos Ferreiros.Exteriormente, garanto, estava na mesma.O Largo Dr.Joaquim Ribeiro do Amaral estava no mesmo sítio.A capela de Sant`ana também.Nos dois cemitérios da cidade nada de anormal se notava.Nas unidades hospitalares e de apoio Social, tudo na normalidade. O Parque do Mandanelho, reparei agora pela janela, continua aqui.Na deslocação fim do IC6 também este, estava no mesmo sítio.A única novidade foi a inauguração de mais umas valências na Santa Casa da Misericórdia de Galizes, com o maior investimento estatal, desde o 25 de Abril, no Concelho,o qual foi feito com muito pouco alarido mas assinalável eficácia….Regressei a casa tranquilo e satisfeito.Afinal, na nossa bonita cidade, felizmente, tudo como dantes..!
    Perguntava esta manhã, ainda dentro da responsabilidade que prometi assumir,uma vez que se tinha entrado nesta aventura ,COMO SE SAI? E, fundamentei:
    Pergunto, agora, ao Senhor Presidente da Câmara: COMO SAI desta aventura:Duzentas e cinquenta viaturas e mesmo que sejam 300 manifestantes, são um por mil da população do Concelho. Só os eleitos e empossados autárquicos são muito mais do que isso. Por certo não desconhecerá, o Senhor Presidente da Câmara que, por esta hora, a “carta já terá chegado a Garcia”.Isto é a mensagem já chegou a quem de direito.O Governo, que o senhor queria impressionar, demonstrando a sua força, com uma inequívoco apoio..! .Qual é a força com que vai reivindicar/negociar, depois de se saber que teve a adesão de um por mil da da população ? Já aqui tinha dito que estas coisas não são para quem quer .São para quem sabe.E como fica o Concelho agora?Como se diz na gíria do futebol, o Senhor Presidente “meteu a carne toda no assador”..! O que lhe resta , agora? A continuação da arruaça, ou a demissão? Pelo Concelho, penso, se não quiser prejudicar mais, só lhe resta a segunda. DEMITA-SE,SENHOR PRESIDENTE..! O concelho, é um pouco mais que o seu ego…Já agora em quanto ficou a aventura? Conte que, mais cedo que tarde, lhe farei, oficialmente, a pergunta.Depois do aviso, OFICIAL, que lhe enviaram, estou em crer que me/nos vai responder…
    António Lopes

  • João Paulo Albuquerque

    E agora Sr Presidente? Manifestação sem carros e sem gente, sem oradores de jeito, vai agarrar-se a quê?
    Pois é, depois de andar 3 meses a preparar esta manifestação para catapultar a sua imagem, ficou agora a saber que os oliveirenses estão fartos de si.
    Oliveira lá vai ficar no mesmo marasmo e o mundo continua a consertar-se a um ritmo muito acelerado.
    Alexandrino, um conselho amigo: “Desiste, já não se nota a tua silhueta no meio da lama, e a tendência é para piorar”.

    • Anti parasitas

      JPA,

      Dizer que esta luta dos Oliveirenses não teve adesão é ser-se incapaz de reconhecer o óbvio.
      O óbvio é que participaram nesta iniciativa um número considerável de munícipes que sentem na pele o que é não ter médico de família; o que é “galgar” a N17 todos os dias.
      Promessas de médicos e de beneficiação da N17 e N230 estamos nós fartos.
      Houve em tempos um grupo simpático de cidadãos que tentaram organizar algo semelhante, mas nem com sardinhas à borla conseguiram sequer envolver 5% dos envolvidos neste protesto.
      Conclui-se portanto que os Oliveirenses estão realmente fartos deste Governo que nos ignora e fartos de personalidades como o JPA que não diz nada de jeito e sobretudo nada faz tanto pela vida e pelo Concelho.

      • João Paulo Albuquerque

        Contem-me histórias.
        O PSD fez uma marcha lenta num fim de semana contra o seu próprio governo numa altura em que se admitia essa revindicação. Convido-o desde já a provar que esta manif foi maior, porque só o foi na sua cabeça. Na altura, não fizeram fila os carros dos trabalhadores que terminaram o dia e queriam ir para casa, assim como os normais utilizadores da estrada.
        Estive a ver com atenção, e sinceramente não consegui contar centena e meia de carros, embora as viaturas dos estaleiros das juntas e da câmara se tenham usado nesta manifestação.
        Já quanto à saúde, aconselhava uma manifestação de agradecimento a este governo por ter salvo o SNS.

        • Fashion

          Este governo “salvou” o quê?
          O Serviço Nacional de Saúde? Essa é boa….
          Quase que dirá, por extensão da ideia, que este governo se portou como um governo de salvação nacional…com a união nacional na Assembleia da República.
          Parabéns, a esse governo.

          • Jardim do Éden

            Foi o governo que mostrou os melhores resultados após o 25 de Abril, custe a quem custar.
            É claro que estamos a explicar isto a gente que defende sistemas helénicos como aqueles em que um hospital com dois pequenos arbustos, tinha 44 jardineiros, e que agora lutam e manifestam-se por um sistema idêntico.
            Só pode ser gente que ganha com o sistema, e há muitos jardineiros cá no burgo.

          • Fashion

            Já sei.
            Espero é que, desta vez, as contas estejam bem feitas.
            Não foi isso que disse, como desculpam, – de mau cumpridor de promessas – o papagaio passos?
            Cá para mim, em primeiro – e único lugar! – coloco os médicos, os enfermeiros , todos os técnicos e pessoal que trabalha nos hospitais. Esses sim , são os únicos que seguram o sistema nacional de saúde e merecem toda a confiança da população portuguesa.
            O resto, são balelas .

      • António Lopes

        Um número considerável, e aceitável como tal são quantos? Podia explicar ou esclarecer..? Mobilizado que foi todo o poder autárquico e todas as viaturas municipais e das freguesias(???!!!),havendo treze mil sem médico, o normal não seria estarem lá esses treze mil e muitos mais, por solidariedade..?
        O problema é que a população sabe muito bem quem lhe criou o problema..! E ainda sabe melhor o verdadeiro objectivo da “passeata”..! Vai daí, deixou-os a falarem sozinhos…ou quase…

  • Turista, mas pouco…

    Sr. António Lopes,

    Bem-vindo a Oliveira do Hospital.

    Ontem, ao vê-lo por cá, fiquei um pouco confuso, pois pensei que era dia de Assembleia Municipal.

    Os Oliveirenses estão habituados à sua presença apenas em dias de festa ou em dias
    de Assembleia.

    Efetivamente podíamos ver António Lopes a fazer compras no comércio local, mas não, utiliza superfícies comerciais de outras cidades…

    Podíamos ver António Lopes a investir em Oliveira do Hospital, mas não as empresas que tem são fora do Concelho…

    Podíamos ver António Lopes a fazer mais propostas concretas mas não critica, critica,
    critica. Por exemplo defende que a Câmara Municipal se deve substituir ao Estado e contratar médicos? O que deve fazer a CM para no mínimo darem condições de circulação à N230 e N17, que curiosamente são da competência do Estado?

    Em suma, bem-vindo a Oliveira do Hospital para contar carros e pessoas, pois é para isso mesmo que os Oliveirenses votaram no PS e consequentemente elegeram António Lopes

    • Fashion

      Calma.
      A leitura de que decorre este comentário, está “enviezada”…
      Diz o povo, que “há quem cuspa no prato onde comeu”.
      Investimento?
      Afinal, quem é que, durante, pelo menos, seis anos, pagou a “bandeirada” que levou à mudança nas cores da Câmara Municipal?
      E quem é que, depois desse “investimento”, levou uma “grande banhada”?

  • Atento

    Por momentos cheguei a pensar que ia ser uma grande manisfestção, mas foi por pouco tempo.
    Muitos veículos andaram ás voltas para desfilar várias vezes, mas nem assim foi a manifestação que esperavam.
    As pessoas sabem que apenas serve para encobrir os erros do passado. Querem que os outros corrijam os seus próprios erros. Porque será que o V/ amigo Paulo Campos não desfilou também?

  • matemático

    Ò Lopes… Um por mil!!!? Se estiveram 200 na manifestação (número por baixo) e o concelho tem 20.000 (número arredondado) a razão é de 1%. Eu sei que só tens a 4.ª classe mas, caramba, devia dar para fazer esta cálculo. E depois acusas os outros de não saberem fazer contas. Vai lá, vai…

    • Certinho

      Tem razão. O que prova que participaram cerca de 20 viaturas. Hé…hé…hé…
      Ficaram mesmo mal com esta resposta popular, não há matemática que ajude.
      Foi o milagre da multiplicação dos carros. Hé…hé…hé…
      Ainda me estou a rir com a cara que faziam. O 3 dedos e o kembra só não choravam por vergonha. Hé…hé…hé…

    • António Lopes

      No melhor pano cai a nódoa.Por isso uso sempre o “cinto de segurança.” e dissse o número de presentes. Foram dez por mil, desta vez por extenso, ou umcentésimo da população…Isso e uma grande manifestação? A única vez qaue assumi responsabilidade identica coloquei três mil em Noguerira..! Porque não haviia onde por mais.Ontem, tudo o que foi menos de 25% foi derrota..! Na minha modesta opinião? E quem és tu “Matemático”? Mais um sem nome né…?

      • Vila Franquense

        Continuas cheio de léria e basófia, organizar a sério, tá quieto!…só aqui a teclar é que juntas ós milhares…És o maior!…então em léria e cagarolice ninguém te ganha…! 🙂 🙂
        Perdeste foi em Vila Franca em 2009, prá junta e eras o 2º da lista…nem na tua 2ª terra, até o ppd ficou à tua frente… 🙂

        • António Lopes

          Pois…leva lá a taça.A partir de amanhã vamos começar a esmiuçar o parecer da CADA..! Logo vês se há ou não há organização..! Andam a brincar, comigo, com a lei, a democracia e o futuro do Concelho há quinze meses. Mas , como sempre disse, quem ri por último ri melhor…Logo vês as propostas para feiras baratas, festas a dar lucro, Expos com contas certas,preços das compras como deve ser ,Há e as contas da água..! “O meu Povo” logo vai saber quem o defende e quem o tenta enganar..! Sei muito bem o que quero e o que faço.Bem sei que vos dá jeito atacar no Lopes para ver se esquecem o fiasco.Mas não vou deixar esquecer.Nem vou deixar esquecer quem pôs a saúde neste estado e quem durante teze anos de governo fez duas dezenas de km de IC…. Da outra vez estive lá.Foi na hora certa por motivos nobres.Desta alertei para o erro crasso.Não me deram ouvidos mas o Povo, parece que deu.pelo menos não apareceu..! A vigilia pelo SAP,organizada pelo PSD(Dr.José Carlos Mendes) teve o dobro do pessoal e a câmara era contra.Já se esqueceram..?

        • Marcha

          Batem leve, levemente,
          como quem chama por mim.
          Será chuva? Será gente?
          Gente não é, certamente
          e a chuva não bate assim.

          Fui ver. Era a “marcha lenta”

  • Manuel Inácio

    A marcha lenta foi um sucesso, sem a menor dúvida e só não reconhece, quem se sente frustrado com a capacidade de outros em juntar tantas pessoas de diferentes cores partidárias, apenas e só para defender a Nossa Terra e os nossos cidadãos.
    Aqui a preocupação não devia ser o número de automóveis e quantas centenas de pessoas participaram, a única e grande preocupação que deve existir é que não temos médicos, há 13.000 pessoas sem médico, as acessibilidades estão em avançado estado de degradação e o IC 6 teima em não saír local onde parou, os empresários sentem bem essa necessidade.
    Com exceção do PSD, os líderes de todos os outros partidos estiveram presentes, participaram de livre vontade todos os que tiveram possibilidade, nunca houve uma manifestação tão grande em OHP, muitos mais viriam se tivessem tido disponibilidade, mas em todo o concelho existe um sentimento de revolta perante a falta de Saúde e Acessibilidades.
    Os Oliveirenses sabem bem o que querem e saberão dar resposta adequada no momento oportuno.

    • Estão em pedaços

      Isso era tudo muito bonito, mas era se estivesse gente a sério à frente das instituições, agora quem nada faz e é o exemplo da incompetência pedir a presença dos oliveirenses numa altura destas. Só de doidos.
      Deixem isso para outros mais capazes.