pêra rocha

Academia do Centro de Frutologia Compal dá formação pelo país e atribui bolsas

A Academia do Centro de Frutologia Compal está a promover a terceira iniciativa de formação que irá culminar na atribuição de três bolsas de apoio à instalação no valor de 20 mil euros para aqueles que pretendam instalar-se pela primeira vez, aumentar ou reconverter a sua exploração frutícola. Os candidatos têm até ao dia 26 para apresentar as suas candidaturas no sítio da internet www.centrofrutologiacompal.pt e do total de candidaturas submetidas, 12 empreendedores serão escolhidos para participar na formação.

O programa, que passará por regiões como a Cova da Beira e Beira Interior Sul, terá uma forte aposta de formação prática no terreno e incluirá, entre outros, formação no terreno em novas frutas e um módulo sobre as novas tecnologias ao serviço da sustentabilidade agrícola. Sem áreas como a fruticultura, gestão agrícola, associativismo e instrumentos de financiamento.

“A Academia é a iniciativa de formação que estimula a inovação na fruticultura nacional, com o objectivo de levar os empreendedores do sector a ver o pomar e o negócio com outros olhos. A iniciativa tem aproximado estes empreendedores da realidade do sector, proporcionando-lhes uma perspectiva mais abrangente e também integrada, aprofundando os seus conhecimentos sobre fruta e fruticultura, reforçando assim as competências técnicas e de gestão e também a sua rede de relações”, explica a empresa em comunicado.

As acções vão percorrer o país de norte a sul e incluiu formação nas seguintes frutas: alperce, ameixa, ameixa Rainha-Cláudia, cereja, clementina, dióspiro, laranja, figo, maçã, melancia, melão, meloa, marmelo, pêssego e pêra rocha. As regiões que vão acolher o evento são o Algarve, Alentejo, Beira Interior Sul, Cova da Beira, Douro, Oeste e Ribatejo.

 

LEIA TAMBÉM

Primeiro-ministro vê nas biorefinarias uma “oportunidade” para aproveitar a floresta e elogia trabalho desenvolvido na BLC3

O primeiro-ministro destacou ontem na inauguração do Campus de Tecnologia e Inovação BLC3, em Oliveira do …

António Costa remete construção do IC6 para “quando haja condições financeiras”

O primeiro-ministro não se compromete com uma data para a construção do IC6 entre Tábua …