AD Nogueirense estreia novo relvado sintético

… novo relvado sintético do campo de Santo António – uma infra-estrutura desportiva, que resultou de um contrato-programa celebrado entre a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, a Associação Desportiva Nogueirense (ADN) e a Casa do Povo local – a entidade proprietária do terreno.

Este investimento, suportado pelos cofres do município num montante de cerca de 400 mil euros, tem uma comparticipação da ADN no valor de 70 mil euros e contemplou ainda a construção de uma bancada coberta e a vedação daquele recinto desportivo.

Na cerimónia de inauguração, o presidente da junta de freguesia local, Adelino Henriques, destacou a importância do que considerou ser “um acontecimento importante” no historial de uma freguesia que “sempre dedicou ao desporto e ao futebol um carinho avultado”, bem como referiu tratar-se de um investimento que constitui uma “valorização do concelho”.

Notando que esta obra foi realizada graças aos directores da ADN, “que souberam levar o projecto a bom porto” e à direcção da Casa do Povo, presidida por Manuel Nina, Adelino Nunes fez entretanto questão de frisar que “tal só foi possível graças ao apoio da câmara municipal, na pessoa do seu presidente” – Mário Alves.

Para o presidente da direcção do clube nogueirense, Adelino Pires, a inauguração do novo relvado sintético vai representar “um lugar especial no historial desta instituição”. Salientando que a obra “foi realizada em tempo recorde”, por forma a “prejudicar o menos possível a competição desportiva”, aquele dirigente da ADN também não poupou elogios à junta de freguesia e casa do povo locais, bem como ao presidente da câmara. “Agradeço-lhe a forma como sempre acarinhou este projecto”, afirmou Pires.

“Sou mais um homem de acção do que de palavra”, referiu, por sua vez, Mário Alves, sem deixar de frisar que “estamos numa época em que mais importante do que as palavras são os actos”.

O autarca do PSD destacou também a participação de um seu antigo vereador – José Ricardo – que, no anterior mandato, “tudo fez para que houvesse uma evolução positiva para que este projecto avançasse”.

Por fim, Alves defendeu que o novo relvado sintético do campo de Santo António – feito “contra a vontade de alguns”, conforme sublinhou – não só deve contribuir para o aumento da prática desportiva, sobretudo ao nível das camadas jovens, como também permitir a utilização a outras instituições desportivas do concelho

LEIA TAMBÉM

Cristiano Letal Ronaldo

Joelhos na relva, punhos cerrados, sorriso rasgado, olhos fechados, cabeça bem erguida e o grito …

Trail Running Serra da Estrela

A maior aventura de Trail Running em Portugal está de regresso à Serra da Estrela com participantes de 16 países

Seia vai realizar de 9 a 11 de Junho, pelo quarto ano consecutivo a sétima …