ADEPTOLIVA voltou a registar um saldo líquido positivo

A Assembleia Geral da ADEPTOLIVA aprovou por unanimidade o relatório de Gestão e Contas, referente ao exercício de 2015, apresentando, à semelhança dos últimos 4 anos, um resultado líquido positivo. “Verificou-se um aumento no resultado líquido positivo, comparativamente aos anos anteriores, o que se deve principalmente ao aumento verificado na rubrica de subsídios à exploração resultante do aumento do número de alunos, assim como na continuidade da gestão eficiente dos recursos existentes na ADEPTOLIVA e na redução dos gastos com financiamento externo”, realçou a actual Direcção da instituição.

A reunião serviu igualmente para aprovar a estratégia da ADEPTOLIVA para o futuro e que passa pela manutenção da sustentabilidade pedagógica e financeira da sua Escola Profissional, por via da conservação do nível actual de abertura de novas turmas dos cursos profissionais, de forma a garantir os níveis de financiamento que sustentam a Associação, não descurando a realização de investimentos prioritários, que possam contribuir para a melhoria das condições de ensino-aprendizagem da EPTOLIVA.

A Direcção continuará igualmente a fazer na “promoção e divulgação da imagem externa da Escola, que terá um foco fundamental na comemoração dos 25 anos da Escola Profissional, com a realização de um conjunto de actividades e iniciativas que terão o objectivo de aproximar ainda mais a Escola à comunidade e à região”.

O Presidente da Direcção da ADEPTOLIVA, Daniel Dinis Costa, aproveitou ainda a Assembleia Geral para reiterar o seu agradecimento a todos aqueles que têm contribuído para sucesso educativo da EPTOLIVA. “É com base neste trabalho conjunto que a Direção da ADEPTOLIVA continuará a apostar num ensino profissional de excelência, que tornam a EPTOLIVA uma marca de referência na região”. Agradeceu principalmente a todos os alunos e encarregados de educação, assim como aos membros das Direcções da ADEPTOLIVA e EPTOLIVA, ao corpo docente e pessoal não docente, bem como aos promotores e aos associados efectivos da ADEPTOLIVA, Municípios de Oliveira do Hospital e Tábua.

LEIA TAMBÉM

Alunos da ESTGOH consideram “Oliveira do Hospital uma cidade acolhedora”

ESTGOH atrai 110 alunos na primeira fase de acesso ao ensino superior, curso de Gestão das Bioindústrias sem grande adesão

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) preencheu 110 das …

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …