ADI prepara-se para lançar “Imagem é Marca”

 

A Agência de Desenvolvimento Integrado de Oliveira do Hospital e Tábua (ADI) procedeu, ontem, à entrega dos prémios do sorteio de Natal e concurso de montras que decorreram no concelho oliveirense entre 6 de dezembro e 6 de janeiro.

No total, foram entregues 15 prémios a clientes do comércio local e os prémios em publicidade às três lojas que apresentaram as montras mais atrativas.

A sessão ontem realizada na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital é resultado da campanha que a ADI, em conjunto com a autarquia, dinamizou no sentido de incentivar à realização de compras no comércio local, com o claro propósito de, assim, apoiar o pequeno comércio que, devido à crise que afeta o país, vive momentos de verdadeira aflição.

Um propósito a que a ADI pretende dar continuidade com o objetivo claro de incentivar ao consumo no comércio local. “Cá compra, cá fica”, reiterou ontem o presidente da ADI, notando que pela realização de compras no comércio local “é dinheiro e investimento que cá fica”.

De olhos postos nas ações que a ADI conta dinamizar por ocasião do Dia dos Namorados e da Páscoa, José Francisco Rolo anunciou ontem a nova aposta da Agência, destinada a melhorar a imagem dos estabelecimentos comerciais dos centros urbanos de Oliveira do Hospital e Tábua.

“Imagem é marca”, notou o responsável, contando que neste novo projeto, a ADI vai contar com a colaboração de dois decoradores do concelho, Gil e Alberto, conhecidos a nível nacional devido à sua participação no programa da RTP1, Praça da Alegria.

“Queremos ajudar os lojistas a melhorar as montras e a decoração do interior das suas lojas”, referiu, esperando que da parte dos comerciantes haja recetividade para boa execução do projeto.

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …