ADI realizou de sessão esclarecimento sobre o programa FINTRANS


Cerca de duas dezenas de empresários participaram, na última quarta-feira, na sessão realizada no Hotel S. Paulo, onde ficaram a conhecer o programa FINTRANS– Dimensão e Transmissão Empresarial, destinado a apoiar a transmissão da titularidade do capital social das empresas como forma de resolver problemas de sucessão e impulsionar processos de crescimento rápido, que permitam às PME portuguesas alcançar a dimensão necessária para competir em mercados globalizados, por via de aquisição de empresas.

Dirigida às empresas PME Líder dos concelhos de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil e empresas com mais de 20 trabalhadores, a sessão decorreu em duas partes distintas. Na primeira, os oradores dissertaram sobre os conteúdos do Programa FINTRANS, o seu conceito e a sua aplicabilidade, tendo havido de seguida um período de debate com os mais de 20 empresários presentes. Para a segunda parte, reservou-se um período de entrevistas individuais, em que os empresários tiveram oportunidade de ver esclarecidas dúvidas sobre o enquadramento deste programa às suas situações concretas.

A Agência para o Desenvolvimento Integrado (ADI) de Tábua e Oliveira do Hospital faz um balanço positivo da sessão, quer pela adesão obtida, quer pela importância do tema.

A ADI está já a ponderar organizar uma outra sessão de esclarecimento, com o intuito de proporcionar aos empresários locais, um espaço de debate sobre a situação real do sector empresarial dos concelhos de Tábua e Oliveira do Hospital. Desta forma, a agência pretende que sejam encontradas soluções, para fazer face aos desafios económico-financeiros com que se debatem as empresas da região na actual conjuntura.

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …