AGIR dinamiza conferência sobre delinquência juvenil

“Meninos de ninguém, eternamente à espera de alguém” serve de mote ao encontro que, vai contar com a colaboração de José Fernandes, da Equipa de Missão para a Segurança Escolar.

A iniciativa que vai ter lugar na Casa da Cultura César Oliveira, em Oliveira do Hospital, vai contar com uma primeira sessão, às 14h00, dirigida a profissionais da área psicossocial, escolar e outros. Marcada para as 21h00, a segunda sessão é destinada à comunidade em geral.

“Mas quem são estes jovens? De onde vêm, por que agem assim?” são algumas das questões em cima da mesa, com a convicção de que “vale a pena ir mais longe”, numa atitude de ouvir os jovens e de ver o que está “para lá da violência e do caos expresso nos seus comportamentos”. Na organização da iniciativa, o projecto AGIR conta com a colaboração do município de Oliveira do Hospital, Obra Eugénia Garcia Monteiro de Brito e Medida 2 do PROGRIDE. A entrada é livre.

LEIA TAMBÉM

Cuidar dos pés das crianças é o mais importante. Autor: Francisco Oliveira Freitas

Os pés das crianças podem ser facilmente afetados devido à utilização de calçado mal ajustado, …

O verdadeiro papel do cuidador não é fácil. Autora: Ana Margarida Cavaleiro

A doença de Alzheimer é cada vez mais uma realidade na nossa sociedade. Esta condição, …