Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

Agricultor com cadastro volta a atear fogo a floresta em Viseu

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta semana, um agricultor em Cinfães, de 37 anos, por suspeita do crime de incêndio florestal ocorrido numa zona de pinheiro bravo e mato na localidade de Macieira.

O fogo terá sido provocado com recurso a chama directa, com uso de fósforos, consumindo cerca de três hectares de floresta, explicou a PJ em comunicado, frisando que o incêndio colocou em perigo uma vasta mancha florestal, bem como a própria localidade, que só não foi atingida devido à rápida intervenção dos meios de combate.

O detido, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, vai ser presente a tribunal para a aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

LEIA TAMBÉM

Câmara de Seia anuncia vários investimentos com aprovação de Orçamento de 24,9 milhões de euros para 2019

Com um crescimento de 11,25% face ao presente ano, sendo mesmo o mais alto nível …

Cinco mortos e 18 feridos graves nas estradas portuguesas no período de “Todos os Santos”

A Guarda Nacional Republicana, entre os dias 31 de Outubro e 4 de Novembro, registou …