Agrupamento Brás Garcia de Mascarenhas substitui coberturas de amianto

A direcção do Agrupamento de Escolas Brás Garcia de Mascarenhas está a apostar na requalificação das coberturas dos pavilhões da Escola do 2º e 3º Ciclos de Ensino Básico de Oliveira do Hospital.

Para o efeito, está a proceder à remoção das antigas placas de amianto e à colocação de uma nova cobertura que, para além de resolver o problema das infiltrações, vai também aumentar a qualidade do isolamento térmico.

Os trabalhos que estão a beneficiar os pavilhões B e D daquela escola são entendidos pela direcção do Agrupamento como a realização de “um desejo antigo”.

 “Queremos melhorar as condições de segurança e de salubridade, dignificando cada vez mais a nossa escola e projectando-a para o futuro”, refere o director Luís Ângelo, considerando que toda a comunidade escolar tem direito “a melhores condições físicas”, capazes de proporcionar “um ambiente agradável e propício a uma melhor aprendizagem”.

Em nota de imprensa enviada ao correiodabeiraserra.com, o responsável pelo Brás Garcia de Mascarenhas dá ainda conta do “grande investimento” feito pela escola no presente ano lectivo, mas garante que “as novidades não vão ficar por aqui”.

“Queremos que esta escola seja de referência na região e, que o concelho de Oliveira do Hospital seja conhecido por isso”, conclui.

LEIA TAMBÉM

Jovens cientistas da EPTOLIVA de Tábua desenvolvem Compósito Antisséptico e conquistam segundo lugar na XI Mostra Nacional de Ciência

Jovens estudantes da Eptoliva, na Tábua, no distrito de Coimbra, desenvolveram uma solução desinfectante a …

A escola ou a escolinha (?). Autor: António Ferro.

Durante várias décadas, fui assistindo às mudanças (algumas drásticas e escusadas) no sistema de ensino …