Depois de no passado ano lectivo ter alcançado o galardão “Bandeira Verde Eco-Escola”, o Agrupamento de Escolas da Cordinha renovou a candidatura e voltou a aderir ao programa Eco-Escolas.

Agrupamento da Cordinha quer manter galardão “Bandeira Verde Eco-Escola”

Está em causa um programa que se destina, sobretudo às escolas do ensino básico e tem por finalidade fulcral sensibilizar a população escolar e toda a comunidade para a necessidade emergente de proteger e conservar o meio ambiente.

Imagem vazia padrãoCom os olhos postos naquilo que são os desígnios do “Eco-Escolas”, no presente ano lectivo, alunos, docentes e funcionários têm em marcha um plano de acção – segundo a escola – “capaz de sensibilizar a população escolar e a comunidade envolvente para a necessidade de cuidados ambientais básicos”. Destaque para a elaboração de materiais originais, fazendo aproveitamento de materiais, limpeza de espaços exteriores, realização de compostagem caseira, construção de um canteiro ecológico e seu cultivo, realização de trabalhos sobre os temas de abordagem obrigatórios, alguns fundamentados com parte prática, execução de caixotes exclusivos para papel, destinados a todas as salas de aula e outras salas de trabalho, bem como a recolha de óleos domésticos.

“Vamos continuar a trabalhar, preocupados com o futuro ambiental, com o nosso futuro”, garante o Agrupamento de Escolas da Cordinha que reuniu em “Eco-código”, um conjunto de treze boas práticas ambientais.

LEIA TAMBÉM

Alunos da ESTGOH consideram “Oliveira do Hospital uma cidade acolhedora”

ESTGOH atrai 110 alunos na primeira fase de acesso ao ensino superior, curso de Gestão das Bioindústrias sem grande adesão

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) preencheu 110 das …

Amianto vai ser retirado da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, oposição critica “timing”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou ontem que assinou um contrato de adjudicação …