Agrupamento de Escolas da cidade promove Sarau Cultural para “Ajudar a Madeira”

O Agrupamento de Escolas Brás Garcia de Mascarenhas está decidido em ajudar o povo madeirense que, no passado fim-de-semana, foi fortemente fustigado pelo desastre natural que afectou a ilha.

Para o efeito, está a organizar a realização de um Sarau Cultural, na Casa da Cultura César Oliveira, destinado a angariar fundos a favor das vítimas do desastre.

No entender da direcção do Agrupamento de Escolas Brás Garcia de Mascarenhas “os gestos de solidariedade devem ser praticados quando são necessários”, até porque se trata de “uma causa nobre à qual não se pode ficar indiferente”.

“A catástrofe que assolou a Ilha da Madeira provocou a perda de vidas e elevados danos materiais”, observa o director Luís Ângelo, destacando a necessidade de se ajudar “todos aqueles que estão afectados pela catástrofe”.

A ideia de realização do Sarau Cultural partiu de um grupo de professores do Agrupamento que mereceu o apoio da direcção.

Organizado com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, o Sarau Cultural vai contar com a “participação generosa” de “UGRUPU” com Diálogos Imprevistos e do Quinto Misto de Sopros “Ensaios da Noite”.

LEIA TAMBÉM

Jovens cientistas da EPTOLIVA de Tábua desenvolvem Compósito Antisséptico e conquistam segundo lugar na XI Mostra Nacional de Ciência

Jovens estudantes da Eptoliva, na Tábua, no distrito de Coimbra, desenvolveram uma solução desinfectante a …

A escola ou a escolinha (?). Autor: António Ferro.

Durante várias décadas, fui assistindo às mudanças (algumas drásticas e escusadas) no sistema de ensino …