Emagrecer ou Mudar de vida? Autor: Luís Marques

AH E TAL, MAS EU GOSTO DE COMER…

Também eu!

Esta é uma das grandes premissas das pessoas que continuam a não aderir ao exercício físico e das que julgam que não conseguem emagrecer. A grande capacidade de comer esbarra na pouca de se mexer! Dias como estes, de quadra natalícia, em que doces, fritos e muito de tudo servem de comunhão familiar, aumentam ainda mais essa capacidade de comer. Tradicionalmente somos um povo que foi educado a comer, culturalmente somos uma sociedade de comida, ou não fosse Portugal destino turístico de eleição pelas suas praias e … Comida! Festivais do Marisco, da Sopa da Pedra, da Francesinha, do Borrego, do Queijo da Serra, etc, etc, fazem dos fins-de-semana portugueses hinos à alimentação em massa.

E o que podemos fazer?

Do meu ponto de vista e de forma muito sincera, comer bem e gastar o que se come! E esse é o problema, comer bem não é comer muito, e quando se come muito fica-se parado.

Esta semana vou tentar explicar uma teoria muito própria: carro a gasolina ou carro a diesel?

Eu sou um carro desportivo de alta cilindrada a gasolina, e vocês? Se comparar o gasto de combustível de um carro a gasolina e de um carro a diesel percebe-se que ambos fazem uma determinada quilometragem mas um gasta mais que outro! O carro a gasolina por ser “geneticamente” mais rotativo gasta mais. Fazendo a analogia para a alimentação e respetivo gasto, uma pessoa ativa gasta mais calorias, mesmo comendo muito.

O ideal será comer bem e gastar.

Imprima uma pirâmide dos alimentos e oriente a sua alimentação diária. Se consumir as porções diárias descritas estará a comer bem de certeza.

Acompanhe as comidas mais condimentadas (guisados) com um copo de vinho, vegetais e fruta; Nos dias de festa coma fruta e beba água antes da refeição; Não adoce o café se comer sobremesa. Não coma batatas, arroz, massas e pão se comer sobremesas.

Se não tem tempo, não é fã do exercício ou não quer realizar exercício então adira a pequenos truques: Tente andar; Subir escadas; Levantar-se e sentar-se da cadeira várias vezes antes e depois de comer; Deixe o carro mais longe; Não se mire ao espelho em elevadores; Utilize calçado confortável; Mexa-se por natureza e rotina.

Se é fã do exercício físico treine 3 a 4 vezes por semana com esforço. Em dias de festa tente treinar antes do apronto alimentar e no dia seguinte.

Claro está que tudo é mais fácil se consultar uma nutricionista para aprender a comer melhor e consultar um técnico de desporto para aprender a gastar, contudo, ciente do conhecimento e pensar do “comum mortal” nada melhor que umas dicas que o ajudarão a comer melhor gastando mais.

Acredite que quanto mais se mexer mais poderá comer………..carro a gasolina!

LEIA TAMBÉM

E porque digo eu que o Futebol Clube do Porto é a equipa de futebol mais próxima de jogar como faz o Real Madrid? Autor: João Dinis

Tipo “declaração de interesses”, digo que sou Benfiquista desde que me conheço (tenho 64 anos) …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …