O professor Albano Silva faleceu, dia 10 de Abril, no Hospital dos Covões, em Coimbra. O pai de Maria Adelaide Freixinho – completou 90 anos no passado dia 11 de Março – não conseguiu resistir a duas embolias cerebrais de que foi vítima dia 8 de Abril.

Albano Silva faleceu aos 90 anos

Imagem vazia padrãoNatural de Nogueira do Cravo, Albano Silva distinguiu-se enquanto professor, delegado escolar, vice-presidente da Câmara de Oliveira do Hospital durante o período do Estado Novo – primeiro com Ferreira Diniz e depois com Afonso Amaral – e após o 25 de Abril, como vereador eleito pelo CDS quando era presidente António Simões Saraiva. Foi também aluno do colégio Brás Garcia de Mascarenhas, pelo que a sua presença era esperada no convívio dos antigos alunos do colégio que vai ter lugar no próximo dia 19 de Abril. Na secção Figuras do Correio da Beira Serra, no passado mês de Março, chegou a referir-se ao Colégio como “uma casa extraordinária”.

Entrevistado por Carlos Alberto, Albano Silva apresentou-se: “nasci em Nogueira do Cravo, o meu pai era mestre-de-obras, ele e a minha mãe queriam que eu fosse professor primário, portanto tinha mesmo de estudar”. Adiantou que enquanto professor primário deu aulas na Bobadela, Arazede, Espariz, até ter sido colocado em Nogueira do Cravo, onde se manteve até à aposentação. “Fui professor durante cinquenta anos!”, resumiu, não esquecendo também o contributo prestado à autarquia. Garantiu também ter “a felicidade de ter uma família maravilhosa: dois filhos extraordinários, quatro netos encantadores e seis lindos bisnetos”.

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD a Travanca promete “um presidente para todos os dias e não apenas para o fim-de-semana”

O PSD apresentou ontem publicamente a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Travanca de …

Festival “Origens” de Travanca de Lagos agendado para o próximo fim-de-semana

Os Jovens da Liga de Travanca de Lagos apresentam, de sexta-feira a domingo, mais uma …