Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

Alegado vidente detido na Guarda por burla qualificada

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, deteve um homem como presumível autor de um crime de burla qualificada, ocorrida entre Junho de 2016 e Fevereiro de 2017. O detido, de 29 anos, apresentava-se como sendo um vidente e detentor de especiais “poderes curativos para a resolução de conflitos familiares”, fazendo ameaças para que os clientes lhe entregassem dinheiro.

Na sequência de consultas, “por meio de ameaças e de engano que astuciosamente provocou”, fazia com que as vítimas lhe fizessem entregas de dinheiro. Uma das vítimas ter-lhe-á entregado cerca de 35 mil euros.

O detido, astrólogo de profissão, vai ser presente às autoridades judiciais competentes para interrogatório e aplicação das medidas de coação.

LEIA TAMBÉM

Mais de duas toneladas de queijo denominado Serra da Estrela apreendidos em Seia

Mais de duas toneladas de queijo indevidamente classificado com denominação de origem protegida (DOP) Serra …

Homem de 47 anos detido depois de violar mulher em Coimbra que conheceu via Facebook

Um homem de 47 anos, empregado na construção civil, foi detido pela Polícia Judiciária depois …