Alexandrino distribui pastas municipais pela maioria

Já é conhecida a distribuição dos pelouros na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. Alexandrino distribuiu as pastas pela maioria socialista.

Depois de conhecida a composição do novo executivo municipal de Oliveira do Hospital foi chegada a hora de distribuir as várias pastas municipais. Uma tarefa que o reeleito presidente da autarquia cumpriu na primeira reunião ordinária do executivo municipal, realizada no passado dia 24 de outubro e que, sentou à mesma mesa os seis eleitos pelo Partido Socialista e a única vereadora eleita pelo PSD naquele órgão municipal. Uma composição inédita no que à realidade concelhia diz respeito, levando o presidente da Câmara a distribuir por si e pelos cinco vereadores eleitos o conjunto dos pelouros municipais. De fora e sem causar qualquer surpresa ficou o único elemento da oposição com lugar no executivo municipal.

Saído de um mandato em que chegou a partilhar o Pelouro de Administração e Finanças com Paulo Rocha- o ex social-democrata foi admitido no executivo em permanência a meio do mandato – o presidente da Câmara Municipal volta a chamar a si aquela importante pasta, acontecendo o mesmo com as Obras Municipais, Ordenamento do Território e Urbanismo e Proteção Civil.

José Carlos Alexandrino vai ainda partilhar com o vereador João Ramalhete o pelouro do Desenvolvimento Municipal. Sobre o autarca recai ainda a responsabilidade de coordenação do Gabinete de Apoio às Freguesias que, no último mandato autárquico, tantos elogios mereceu da parte dos presidentes de Junta de Freguesia pelo facto de melhorar e facilitar a comunicação entre juntas e Câmara Municipal e agilizar procedimentos. Um trabalho que José Carlos Alexandrino confiou a Daniel Costa, devendo acontecer o mesmo no mandato que agora iniciou.

Tal como este diário digital já tinha perspetivado, José Francisco Rolo mantém-se na vice presidência da Câmara Municipal Municipal, mantendo-se responsável pelo pelouros de Ação Social, Saúde, Ambiente e Qualidade de Vida, Mercados/Feiras, Tecnologia e Inovação e Turismo. Atendendo ao momento de crise que o país atravessa e a que Oliveira do Hospital não consegue ser alheio, a pasta da Ação Social foi a que mais trabalho deu ao vereador reeleito que, entre outros, colocou em ação o Banco de Recursos Socais e, nos últimos dias viu distinguido o programa de que foi principal impulsionador o “AtivoSociais e que levou o Instituto de Tecnologias Comportamentais a considerar Oliveira do Hospital como um dos melhores municípios para viver, na categoria Economia.

Educação e Cultura são os pelouros que José Carlos Alexandrino volta a confiar a Graça Silva. Uma recondução facilmente interpretada como resultado do trabalho que aquele professora dinamizou em ambas as áreas, com especial destaque na Cultura, dando a conhecer e apoiando o trabalho dinamizado pelas várias coletividades concelhias. No segundo mandato autárquico, Graça Silva vê porém escapar a pasta do Desporto que passa a ficar sob a alçada do terceiro vereador a tempo inteiro, Nuno Ribeiro. Professor e desportista, o vereador fica responsável pelas pastas do Desporto, Juventude e Tempos Livres. Os dois vereadores vão ainda partilhar os pelouros do Associativismo e do Património Municipal.

A partilhar com o presidente da Câmara o pelouro do Desenvolvimento Municipal o novo eleito João Ramalhete tem, também, na sua alçada o pelouro Trânsito e Toponímia.

Como já era esperado, por força da sua formação profissional, a vereadora Teresa Dias tem a seu cargo o pelouro da Floresta e Desenvolvimento Rural.

Uma distribuição de pelouros feita à medida da maioria “confortabílissima” conseguida pela candidatura de José Carlos Alexandrino nas eleições de 29 de setembro e que, assim, deixa de fora a eleita pelo PSD, Cristina Oliveira.

A desempenhar funções a tempo inteiro na Câmara Municipal, o presidente José Carlos Alexandrino faz-se acompanhar de José Francisco Rolo, Graça Silva e Nuno Ribeiro. João Ramalhete e Teresa Dias não têm tempo atribuído.

LEIA TAMBÉM

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve em Coimbra autor de crimes de homicídio, na forma tentada e de roubo

A Polícia Judiciária deteve um homem pela presumível prática de um crime de homicídio, na …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Filho preso por suspeitas de ter matado mãe com martelo em Viseu

O homem de 37 anos suspeito de ter matado a mãe em Santarinho, no concelho …

  • jpcruz

    com tanta distribuição de pastas esqueceram-se de uma pessoa, então o Manuel Garcia mais conhecido por Manel de S.Gião não foi atribuída nenhuma pasta=?

    • Emílio Eduardo

      A si bem que lhe podia ser atribuída a pasta da ignorância e da desfaçatez.

  • Ricardo Araujo

    ….mais um, de entre centenas, que foi enganado com promoções pessoais! (à n/ custa claro)