Alexandrino diz que tem a mesma esperança de 2009, mas mantém “tabu” sobre recandidatura

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital deixou, esta manhã, a ideia que a sua recandidatura à autarquia poderá ser uma realidade, mas não confirmou se avança ou não para a corrida a um terceiro mandato na presidência do município. Optou por manter o “tabu” que se prolonga desde 1 de Abril, data  que o próprio tinha estabelecido como limite para tomar uma decisão.

José Carlos Alexandrino, que discursava nas comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril, foi dizendo, porém, que “não é hora de caminhos de retrocesso” e que está disposto a “continuar a trabalhar para que Oliveira do Hospital seja cada vez mais um concelho modelo na região”. Mas não adiantou mais, tendo mesmo, segundo a Radio Boa Nova, recusado outras declarações.

“Devo dizer-vos: continuo a ter a mesma esperança que aqui me trouxe em 2009, a mesma força, a mesma determinação e a mesma coragem de me entregar convosco na luta por um mundo melhor, um país melhor e, principalmente por um concelho melhor”, afirmou José Carlos Alexandrino na sua intervenção na sessão comemorativa, onde se disse ainda “apaixonado” por Oliveira do Hospital e “convicto do valor” das gentes do concelho. “É por eles que continuo a ter a esperança”, rematou.

LEIA TAMBÉM

José Carlos Alexandrino sofre nova derrota no confronto na Justiça no caso do empreendimento turístico das Caldas de S. Paulo

José Carlos Alexandrino mostrou-se indisponível para a entrevista agendada para as 12 horas de hoje na Rádio Boa Nova

O ainda presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, mostrou-se indisponível …

Itinerário Complementar “meia dúzia” e “discursos” – 22 de Maio… Autor: João Dinis, Jano.

Era uma vez um município à beira-serra plantado. Bonito. Todos os dias feito por suas …

  • António Lopes

    Em política, chama-se a isto: “Demagogia”

    • Oscar Wilde de Travanca

      E obras?
      Foi fazer um discurso à Pampilhosa da Serra, no dia que fugiu de Tábua, para não ouvir que o IC6 só depois do IP3, da linha da Beira Alta e outras que tais, bajulou tanto o presidente Brito Dias, que este já nem sabia o que dizer no seu discurso.
      Para fazer isto na CIM, vale mais mandarem o nosso “Zé Manel”.

  • Esperar Sentado

    E chegou o dia 30 e, nada..! Agora, é esperar pela visita do Papa, pela benção do mesmo,ao Costa para este vir cheio de fé prometer o IC. Aí, pode ser que o homem ganhe coragem.
    Espero que a Dª.Judite também vá a Fátima e prometa à Nossa Senhora que se vai portar bem, para não estragar a festa…