José Carlos Alexandrino

Alexandrino fala em especialistas em corrupção que levantam suspeições sobre a autarquia, mas não concretiza nomes apesar da insistência de António Lopes

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital diz estar farto daquilo que classifica como insinuações sobre alegadas práticas menos lícitas dentro da autarquia e ontem durante a Assembleia Municipal acusou “alguns que falam em corrupção sabem muito sobre ela”. José Carlos Alexandrino adiantou que esses “fizeram fortuna através de cursos tirados numa universidade das ilhas”. As palavras foram entendidas, por muitos, como um ataque a António Lopes, que pediu por várias vezes para o autarca dizer o nome da pessoa a quem se referia. Mas não obteve resposta.

“Foi isso que me afastou de algumas pessoas. Se tivessem uma vida limpa como a minha, aceitava lições de moral, mas não têm. Têm muito em coisas ilícitas para me ensinar. Se alguns aqui se sentirem ofendidos por estas minhas palavras que apresentem queixa que eu terei muito gosto em ir prestar declarações e dizer aquilo que sei”, afirmou. Perante estas palavras, António Lopes pediu para fazer a defesa da honra, o que foi prontamente recusado por Rodrigues Gonçalves, alegando que o autarca não tinha referido qualquer nome.

“Pois, mas que o faça. Se é tão corajoso que diga o nome. Se tem coragem diga o nome. Fez aqui um assassinato de carácter. Isto não é nada”, desafiou António Lopes, alegando que só assim poderia apresentar a devida queixa no Ministério Público. José Carlos Alexandrino, já sentado na sua cadeira e perante a insistência de Lopes, limitou-se a retorquir que tinha “coragem para isso e muito mais”. Mas permaneceu sentado e não concretizou a quem se referia.

António Lopes lamentou que o autarca não tivesse a coragem de individualizar a acusação e atirou que a sua pessoa nunca teve a Polícia Judiciária à perna, como alguns. “Alguns. Agora também utilizo esse termo”, ironizou.

LEIA TAMBÉM

Faleceu a romancista Ermelinda da Silva

A romancista Ermelinda da Silva natural de Vila Franca da Beira faleceu ontem e funeral …

Um ferido grave e outro ligeiro num despiste em Tábua

Um despiste esta tarde (18h04) na Estrada Municipal 1304, na freguesia de Vila Nova de …

  • António Lopes

    Mas está autorizado a dizer tudo o que sabe.Efectivamente ensinei-lhe muita coisa. Ensinei-lhe para ter cuidado com determinados almoços, pois o povo costuma dizer que não são grátis. Ele não teve coragem para dizer mas eu tenho.Hoje mesmo, fui visitar uma obra que anda há seis anos para ser legalizada.Ando desde 16 de Maio de 2014 a pedir documentos de determinados licenciamentos.Esta Sexta feira lá me entregaram alguns.Qual não é o meu espanto um licenciamento que era de sua exclusiva responsabilidade pois o auto foi levantado em 3 de Novembro de 2009, e a posse foi no dia 2,e isto lhe disse Mário Alves, em reunião de Câmara em Março de 2010, devido a acusações publicas do actual presidente de eventual favoritismo de MA, ao promotor. Pois como dizia, a obra continua por licenciar.Mas dos 540 m2 falados nessa reunião de Câmara, já vai em mil mais 3 ou 4 mil de estaleiro.Multa, foi decidido três mil euros. Durante quatro anos perguntei, mais de vinte vezes, por este processo e por esta multa, que ainda não tenho provas se foi paga.Soube esta sexta feira qual foi a decisão.E fui presidente mais de quatro anos..! Tive que recorrer à CADA várias vezes para conseguir os documentos..Certo dia, um Sábado, ocasionalmente cruzei-me com o Senhor Presidente e disse-me que ia almoçar com o promotor desta obra que é também o principal empreiteiro da Câmara, segundo o recente relatório de auditoria.Normalmente, o Senhor presidente fazia muita questão que fosse aos almoços com ele. Estranhamente, ou talvez não, para este não me convidou..! Nesta última campanha, talvez por eu já estar “falido”, não me pediu ajuda para a campanha..! Coincidências das novas “necessidades urbanísticas”, a zona onde a obra se encontra já tem capacidade construtiva no novo PDM e o projecto, finalmente, está na Câmara para aprovar!!!. Há que dar os parabéns ao Senhor Presidente da Câmara, pela forma “empenhada” como se preocupa em resolver os problemas dos Munícipes….Como dizem os espanhóis, eles não acreditam nelas, mas que “lás hay hay”..! Fica um convite ao Senhor Presidente para que fale, em desabono, aquilo que sabe, se é que sabe mesmo alguma coisa..? Sendo que tudo que lhe disse foram conselhos no início do mandato.No final eu já não queria ser candidato e há várias provas disso.Quis fazer-me uma estátua, fez homenagens ao cidadão probo e exemplar.Mudou de ideia? Eu já não estava na Madeira há anos..! Afinal queria ter na lista desonestos e vigaristas??? Ai o desespero…!!! Como eu me enganei..! É muito pouco presidente para tão grande concelho!!! Quem pôs o meu nome numa rua não foi ele e foi antes dele.As várias manifestações de reconhecimento quase todas foram à margem dele.O senhor presidente confunde-se com o Concelho e acha que o Concelho pensa como ele.Ao menos podia respeitar certos valores e certas decisões de quem o precedeu .. Mas pronto, o homem é que sabe..!As várias manifestações públicas que tem feito ultimamente têm tido pouca aderência.Não há festa e bola e sorrisinho que resista.Isto do populismo saloio vai mais depressa do que vem.Isso anda a deixa-lo louco. Melhor… um pouco mais…As acusações que faço são todas documentadas com documentos oficiais, uma boa parte produzidos por sua ordem e assinados por ele.Ainda ontem voltou a negar os números da dívida herdada, que me apresentou e fiz aprovar em Abril de 2010.Se não são verdadeiros tenho que denunciar ao MP e IGF.o homem não tem consciência do que diz, faz e aprova, e nega os seus próprios actos.Então apresentou o relatóri de contas fez-o aprovar e agora diz que os números são falsos?Ora, alguém tem que meter juízo naquela cabeça e salvar a idoneidade do Concelho e do Município..Como só sobro eu, nem sequer olho para o lado procurando ajuda.Presunção minha, acho que sou suficiente para resolver o assunto.Este caso que relatei, é um :Há muitos mais.O Senhor presidente até inaugura obras que sabe ilegais e com queixas e denuncias dos Senhores Presidente de Junta.Se calhar tem boas razões para isso.Também eu o convido para ir ao MP..! Cá para mim o Senhor Presidente acha que a lei é ele, característica muito comum aos pequenos ditadores..!

  • António Lopes

    Com muito menos conversa eu só quero que o Senhor presidente nos explique porque pagou três vezes mais pelas lonas e quatro vezes mais pelos geradores.è que a “coisa” até que me provem o contrário e ainda não provaram, são cerca de sessenta mil euros dos nossos impostos que estão mal explicados.Por enquanto ainda não digo que foram para o bolso de alguém.Mas, se não me explicarem e provarem como deve ser começo a dizer.É que explicarem-me, a ki ou a qualquer cidadão é um dever previsto na lei 46/2007, creio que no artigo nnove…É só isto que tem que fazer Senhor Presidente.Não me comovo com conversa nem com faltas de elevação.Muito menos com acusações ordinárias…que definem bem quem as profere.Eu estou a fazer o meu trabalho.O senhor faça o seu.Explique lá o porquê destes preços, de convidar em exclusivo empresas acabadas de constituir, como as conhece,por que lhe merecem a preferência essas coisas..Não é estranho..? Se as empresas nem existiam como é que as conhece e convida só a elas.Explique lá à gente..!De facto eu sei muito de corrupção mas estou a tirar um curso novo e sofisticado por aqui.Será que o aluno está melhor que o mestre..? Tem jornalistas licenciados na Câmara convidou o director do Blog porquê? Um paskim com tão mau nome, como ontem se provou..! Porquê um convite exclusivo à personalidade..? Explique prá gente..!Porquê convidar três empresas com um responsável comu? É normal? São suspeitas ou são factos documentados..?

  • Atento

    Um especialista a falar do assunto. Este professor devia fazer uma tese.