Alexandrino reivindica estrada turística para o Vale do Alva

José Carlos Alexandrino não quer que o IC8 termine em Coja e, no último domingo, por ocasião do lançamento da Concessão do Pinhal Interior, abordou o assunto com o primeiro-ministro e com o secretário de estado das Obras Públicas.

De acordo com a edição de hoje do diário As Beiras, o autarca oliveirense reivindicou junto dos governantes a continuidade daquela via, em jeito de estrada turística até ao Vale do Alva.

Alexandrino não perdeu também a oportunidade para alertar José Sócrates para a necessidade de “desencravar” o concelho de Oliveira do Hospital, numa alusão clara aos IC6, IC7 e IC37. “Fiquei com a ideia que o problema vai ser resolvido o mais rapidamente possível”, referiu o autarca àquele diário, considerando que se tratam de vias fundamentais para que exista “mais justiça entre o litoral e interior”.

Ainda no domínio turístico, José Carlos Alexandrino já adiantou ter participado numa reunião com autarca de Seia para a constituição da futura Agência de Desenvolvimento do Alva e Alvôco. O edil oliveirense considera as parcerias “essenciais” para que os municípios alcancem “capacidade reivindicativa”.

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …