“Alguns dirigentes do PSD devem entender que os militantes não são peças descartáveis”

José Ricardo acaba de reagir às declarações proferidas por António Duarte que o acusou “de abandonar o barco no momento em que o partido mais precisava dele”. O antigo vereador do PSD na Câmara de Oliveira avisa que os “militantes não são peças descartáveis”.

“Os militantes não estão para estar à mercê dos dirigentes partidários apenas quando lhes dá muito jeito erguer os seus nomes para determinados combates políticos, mas que depressa se esquecem quando interesses pessoais ou estratégicos se sobrepõem aos verdadeiros interesses políticos e partidários”. A afirmação pertence a José Ricardo, o antigo vereador do PSD no executivo de Mário Alves que não gostou de ver o seu nome entre as recentes declarações proferidas por António Duarte para justificar o desaire eleitoral saído do sufrágio de 29 de setembro.

Fazendo uso do direito de resposta e defesa da honra, José Ricardo reage assim à declaração proferida por Duarte a propósito de militantes, entre os quais o antigo vereador do PSD, que “abandonaram o barco no momento em que o partido mais precisava deles”. “Alguns dirigentes do PSD devem entender que os militantes não são peças descartáveis- umas vezes precisa-se, outras vezes prescinde-se”, clarifica o conhecido social democrata que, na nota enviada ao correiodabeiraserra.com rejeita as responsabilidades que Duarte lhe “assaca” bem como a outros militantes sobre a “dura derrota do PSD”.

Num comunicado onde publicamente confirma os diversos contactos que lhe foram feitos, em 2012 e 2013, pelo presidente e alguns membros do PSD para “encabeçar uma candidatura à Câmara” e que assegura ter rejeitado por “razões de ordem profissional e razões relacionadas com o seu posicionamento político face à orientação política da atual direção nacional do partido e dos líderes distritais e concelhios que a seguem, ou pelo menos não a contestam”, José Ricardo desaprecia a atitude do ainda líder concelhio que, por esta altura, mais não pretende do que “encontrar um álibi para ofuscar a sua dificuldade em digerir tamanha derrota política”, ou “um bode expiatório para justificar um fracasso que só ao líder do PSD de Oliveira do Hospital compete assumir e responder politicamente”.

“Para José Ricardo, o líder da concelhia do PSD de Oliveira do Hospital terá que entender, de uma vez por todas, que a derrota do PSD local não se restringiu apenas ao resultado eleitoral do passado dia 29 de setembro, mas foi o culminar de um percurso político marcado por sucessivas derrotas”, regista na mesma nota.

Refira-se que a polémica que envolve o antigo vereador do executivo de Mário Alves e a Comissão Política do PSD de Oliveira do Hospital decorre do apoio que José Ricardo fez questão de expressar, publicamente, à candidatura socialista de José Carlos Alexandrino na derradeira semana da campanha eleitoral autárquico, demarcando-se do projeto social democrata liderado por Cristina Oliveira.”Só posso estar ao lado de quem está ao lado das pessoas e não ao lado de quem governa contra os cidadãos”, referiu na ocasião José Ricardo.

Notícia relacionada»»»

 

LEIA TAMBÉM

Coligação liderada pelo CDS preocupada com empreitada da retirada do amianto das escolas de Oliveira do Hospital

A Coligação Construir o Futuro (CDS-PP / MPT / PPM) está “preocupada e apreensiva” com …

EM OLIVEIRA DO HOSPITAL APROVEITAMENTOS ELEITORALISTAS DO PS E SEUS PRINCIPAIS AUTARCAS-CANDIDATOS MANCHAM JÁ A DEMOCRATICIDADE DO PRÓXIMO ACTO ELEITORAL A 1 DE OUTUBRO ! Autor: João Dinis, Jano

Estamos a assistir a um frenesim eleitoralista por parte de “facção” do PS local envolvida …

  • Erasmo de Roterdão

    Senhor professor: Fez muito bem em responder.Contudo, não sei se me daria ao trabalho..! Onde andou o Prof.António Duarte, há 4 anos..? O comportamento desta CPC merece algum apoio..?

  • PSD ATENTO

    Melhor que ser Político é mesmo ser sindicalista¡
    José Ricardo a Comicao Política do PSD não tem empregos para dar aos seus familiares!

  • denogueiradocravo

    Bem não podia deixar de comentar estas declarações, será que o facto do Sr. José Ricardo ter apoiado tão afincadamente a candidatura do PS não se deve ao facto de a sua filha estar a fazer um estágio/POC na câmara municipal de OHP? Sim, é obvio que só por este motivo este Sr. foi capaz de apoiar o Alexandrino. Será que o Alexandrino está do lado de todas a pessoas ou estará só do lado de algumas?
    Tirem as vossas conclusões.

  • Erasmo de Roterdão

    Pois não..! Por isso fizeram tanta tropelia para tentar ganhar a Câmara..! Não seriam só POCs..! Continuam a mostrar o “material” de que são feitos..! Chorar sobre leite derramado…

  • Erasmo de Roterdão

    Se estivesse assim tão interessado em defender os seus interesses pessoais, O Prof.José Ricardo, tinha aceite o convite para ser o candidato.Quem sabe, até podia ganhar e resolver os problemas.Foi prometido muito mais, a outros, para fazerem muito menos..! Nesta CPC,são mesmo de raça..!