violência nas escolas

Aluno amarrado a poste, despido e filmado por colegas em escola de Nelas

Um aluno da Escola Básica de Nelas terá sido amarrado a um poste, despido e fotografado em pleno recreio, avança a SIC. Aquela televisão dá conta que ninguém se terá apercebido do incidente, mas o caso já está a ser investigado pela GNR. Agressores, de resto, já confessaram a agressão.

O acontecimento terá ocorrido na quinta-feira, no intervalo das 10h00. Três alunos do 9.º ano amarraram um aluno, de 12 anos, a um poste e tiraram-lhe a roupa enquanto filmavam com os telemóveis, explica SIC, adiantando que vários outros alunos assistiram, mas nenhum tentou parar os rapazes mais velhos ou reportou o caso. Nem professores, nem funcionários se aperceberam do que se passou.

O jovem de 12 anos só contou o sucedido ao final do dia, em casa. Os pais apresentaram imediatamente queixa na GNR de Nelas, tendo ido à escola no dia seguinte. Os três agressores acabaram por confessar o que haviam feito aos militares da GNR, tendo-lhes sido confiscados os telemóveis.

A mãe da vítima contou, em entrevista à SIC, que só pretende que o caso sirva de alerta, partilhando sentir alguma preocupação perante o facto de nenhum dos colegas do filho que assistiu ao incidente ter dado um alerta. Já a direcção da escola não avançou dados à SIC sobre esta ocorrência.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital vai contar com sistema de optimização de deposição de resíduos

O concelho de Oliveira do Hospital é um dos 16 municípios do Planalto Beirão que …

Burger King une-se à Cruz Vermelha para apoiar vítimas dos incêndios

A BURGER KING e a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) estabeleceram um protocolo com o objectivo …