Alunos da Escola Secundária promoveram tertúlia com o presidente da câmara e a AMI

A afirmação é do presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) que, ontem, participou numa tertúlia, no auditório da caixa de crédito agrícola, organizada pelo Grupo de Área de Projecto do 12º A da Escola Secundária.

Explicando que ,hoje, existem “dois tipos de pobreza” – a pobreza daqueles que “não são capazes de gerir os rendimentos” e os que não conseguem gerar rendimentos –, Mário Alves insistiu na necessidade de se apostar na “educação social”, como forma de ter retorno do investimento que o governo e os municípios fazem nas pessoas.

O autarca do PSD notou também que “o concelho tem uma boa rede de IPSS e bons técnicos a trabalharem” na área social, e frisou que nos tempos que correm as câmaras municipais “defrontam-se com uma nova realidade” que “é fruto da situação de crise que se vive no país e no mundo ao nível do desemprego”.

Salientando que há uns anos atrás as autarquias estavam mais empenhadas na construção de infra-estruturas e, hoje, têm que apostar na área social, Alves garantiu que a CMOH criou já um “fundo de emergência social” para acudir a situações de pobreza”.

Já Maria Bilro – uma enfermeira da Assistência Médica Internacional (AMI) – concentrou a sua intervenção na divulgação do trabalho internacional que aquela Organização Não Governamental (ONG), fundada pelo médico Fernando Nobre, vem desenvolvendo em vários cantos do mundo, e mostrou-se preocupada com o facto de um quinto da população do Planeta Terra viver em “situação de extrema miséria”.

Maria Bilro disse ainda que, apesar dos tempos de crise, a AMI “não se pode queixar da generosidade dos portugueses”, e destacou a importância do “jornalismo contra a indiferença” no apoio à construção de um mundo melhor

LEIA TAMBÉM

Alunos da ESTGOH consideram “Oliveira do Hospital uma cidade acolhedora”

ESTGOH atrai 110 alunos na primeira fase de acesso ao ensino superior, curso de Gestão das Bioindústrias sem grande adesão

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) preencheu 110 das …

Amianto vai ser retirado da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, oposição critica “timing”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou ontem que assinou um contrato de adjudicação …