Alunos do concelho plantaram 2600 árvores em área devastada pelo fogo

O perímetro florestal da Senhora das Necessidades, na aldeia da Gramaça, freguesia de Aldeia das Dez, beneficiou na passada segunda-feira de uma iniciativa de reflorestação que partiu de um grupo de alunos do 12ºA, no âmbito da Área de Projecto e à qual se associou a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Integrada na Semana da Floresta promovida pela autarquia, a acção contou com a participação de centenas de alunos das escolas do concelho e consistiu na plantação de 2600 árvores (Bétulas, Medronheiros e Carvalhos), numa área total de 2,5 hectares, devastada pelo fogo em 2005.

De acordo com informação autárquica, a iniciativa fez parte integrante de um plano de sensibilização e formação previsto no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Oliveira do Hospital, que prevê a sensibilização e educação da população em geral e, da comunidade escolar em particular.

Contando com a participação de várias entidades como a GNR, bombeiros e outras instituições, a acção serviu ainda para “despertar na comunidade, em especial na comunidade escolar, os princípios de viver em harmonia, desenvolvendo o respeito e o cuidado não apenas com o que é nosso, mas igualmente com o que é de outros ou de todos nós”.

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal teve a oportunidade de enaltecer a “nobre iniciativa e o papel preponderante” dos alunos.

José Carlos Alexandrino destacou ainda “a total abertura da Câmara Municipal às boas iniciativas e ideias que partam da classe mais jovem da sociedade oliveirense”.

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …