Alvôco das Várzeas e Cordinha dispõem de comissões sociais de freguesia

 

As freguesias de Alvôco das Várzeas, Ervedal da Beira, Vila Franca da Beira e Seixo da Beira dispõem de uma nova resposta social.

Trata-se da Comissão Social de Freguesia que está a ser promovida pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social de Oliveira do Hospital – TEAR junto das 21 freguesias do concelho.

A ideia foi vista com bons olhos pelas forças vivas de Alvôco das Várzeas que, acederam ao repto lançado pela equipa dirigida por Raquel Batista.

Em actividade está também a Comissão Social Inter-Freguesias que engloba as três freguesias que constituem a zona da Cordinha.

Ervedal da Beira, Vila Franca da Beira e Seixo da Beira decidiram unir esforços e têm já em marcha um plano de acção que, para além, de pretender sinalizar e solucionar casos de índole social, também se dedica à organização de outras iniciativas.

“Na Cordinha surgiu essa vontade, porque a realidade das três freguesias é semelhante”, afirmou Raquel Batista ao correiodabeiraserra.com, referindo-se ao facto de as três freguesias partilharem “o mesmo agrupamento escolar, o mesmo pároco e a mesma Instituição Particular de Solidariedade Social”.

“É uma realidade que tem tudo para não ser tratada de forma isolada”, continuou a técnica de acção social, referindo que uma Comissão Inter-Freguesias semelhante à da Cordinha também poderia resultar na zona do Vale do Alva.

Obrigatórias em freguesias com mais de meio milhar de habitantes, as Comissões Sociais de Freguesia são um elemento integrante da rede social concelhia.

Numa altura em que decorrem reuniões em cada uma das freguesias, a expectativa de Raquel Batista é de que no concelho se possa constituir um total de 11 Comissões Sociais de Freguesia.

A criação desta resposta social é parte integrante de um vasto conjunto de actividades que o TEAR executou no primeiro ano de actividade. Num momento de balanço, o Contrato Local de Desenvolvimento Social sublinha as várias acções dinamizadas ao nível da família, empregabilidade e associativismo local.

Com novas actividades no terreno, o TEAR está confiante de que com a cooperação de todas as entidades, o projecto chegará “mais longe e de forma mais eficaz” junto de todos os que são objeto de intervenção.

LEIA TAMBÉM

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …

LMAN promove “peregrinação” ao Santuário de Nossa senhora das Preces em Vale de Maceira

A Liga de Melhoramentos Desporto e Cultura de Aldeia de Nogueira (LMAN) vai realizar no …