“Ambicionamos vitória expressiva e tudo faremos para a conseguir”

…nas eleições autárquicas de setembro”.

A Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital não poderia estar mais confiante na escolha de Cristina Oliveira para liderar uma candidatura à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

“Escolhemos alguém com perfil adequado e capaz de mobilizar todas as forças vivas locais”, afirmou ontem António Duarte numa conferência de imprensa, onde destacou as “qualidades humanas, profissionais e intelectuais” de Cristina Oliveira e que “assegurarão o cumprimento de objetivos que visem a construção de um concelho compatível com as necessidades do século XXI”.

“O tal concelho onde valha a pena viver”, sublinhou o presidente da CPS do PSD oliveirense que, assim, deu o pontapé de saída para a luta eleitoral autárquica, com o propósito de alcançar uma “vitória expressiva”.

“Tudo faremos para a conseguir”, avisa o líder do PSD concelhio que não teme pelo facto de Cristina Oliveira ser desconhecida da maioria dos oliveirenses, porque em anteriores eleições candidatos desconhecidos como César Oliveira, pelo PS, e Carlos Portugal, pelo PSD, não foram penalizados por esse facto.

O segredo está “em fazer uma boa divulgação da candidata”. Uma tarefa a que a estrutura concelhia laranja começa a dar cumprimento já no próximo domingo com a apresentação formal da candidata, seguindo-se no dia 13 um jantar de apoio à candidatura de Cristina Oliveira e no dia 20, o lançamento do jornal de campanha “Urge que todo o concelho comece verdadeiramente a reflectir sobre a realidade vigente, bem como sobre as propostas que a nossa candidata e equipas vão apresentar”, sustentou António Duarte, apostado que está em dar “mais e melhor” aos oliveirenses, por via da candidata “ideal” e em quem “vale a pena acreditar”.

Para o líder da concelhia laranja matérias como os mega agrupamentos e o caso DREC não irão fazer tremer a candidatura de Cristina Oliveira.

“A responsabilidade do mega agrupamento é do presidente da Câmara”, frisou António Duarte, notando que o caso DREC mais não foi do que “uma tentativa de achincalhamento e ataque a uma candidata a uma Câmara Municipal”. “Alguém tem culpas no cartório e será responsabilizado”, registou António Duarte que disse também não estar preocupado com a possibilidade de o PSD local poder sentir na pele o descontentamento generalizado da população relativamente às medidas “duras” levadas a cabo pelo governo de coligação.

“Apesar das medidas nacionais serem duras, o que é certo é que o PS tem-se pautado por uma atuação demagógica”, referiu, confiante que está na “vitória expressiva” já que “Oliveira do Hospital é, e sempre foi, um concelho Social Democrata”.

“Com base nas nossas convicções, na qualidade das nossas equipas e listas e no valor comprovado da nossa candidata vamos vencer mais este desafio”, clarifica António Duarte, na certeza de que “os oliveirenses são inteligentes e que não se voltarão deixar a enganar.”.

LEIA TAMBÉM

PSD apresentou candidatos à CM de Oliveira do Hospital e promete acabar com o caminho de “decadência e retrocesso promovido pelo executivo PS” e devolver “a prosperidade” ao concelho

O PSD apresentou ontem a lista concorrente à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e …

Luís Martins Almeida é o candidato da CDU à Câmara de Oliveira do Hospital

A CDU vai apresentar como candidato à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital Luís Martins …