ANCOSE ajuda a salvar queijo Serra da Estrela com reforço dos rebanhos

A Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela (ANCOSE) reforçou os rebanhos dos associados com 400 ovelhas e prevê duplicar essa reposição de efectivos até 2019. “Vamos reconstituir um pouco do que havia” antes do fogo de 15 e 16 de Outubro de 2017 conta o presidente da ANCOSE, Manuel Marques, uma ASSOCIAÇÃO com sede em Oliveira do Hospital.

O dirigente explica que nos meses que se seguiram à tragédia que dizimou muitos animais das raças autóctones, com cujo leite se produz o queijo com denominação de origem protegida (DOP) Serra da Estrela levou a uma quebra na produção na ordem dos 20 a 30 por cento.

A ANCOSE “já distribuiu cerca de 400 borregas desmamadas” para futura reprodução pelos associados que perderam efectivos no incêndio ou que pretendam aumentar os seus rebanhos. “E vamos repor mais 400 entre 2018 e 2019”, adiantou Manuel Marques, explicando que a este esforço da associação juntam-se idênticas iniciativas de outras entidades e dos próprios criadores.

O presidente da ANCOSE revelou que, para surpresa dos pastores, “verificou-se um aumento da produção de leite” na última primavera, novidade que pode ter resultado da pluviosidade prolongada e do consequente renascimento dos pastos nas zonas ardidas, designadamente nos meses de Abril, Maio e Junho. Mas defende medidas do Estado “que incentivem” a criação de raças ovinas da Serra da Estrela, a fim de evitar o seu desaparecimento. Classifica a atitude dos governos nesta matéria como “amorfos”, já que as ovelhas regionais podem em média produzir dois litros de leite por dia, muito aquém da capacidade das raças exóticas, que chega a duplicar. “Empobrecer alegremente já lá vai”, alertou o presidente da ANCOSE, ao esclarecer que as exóticas asseguram aos pastores maiores produções, “mas a qualidade do leite não é a mesma”. Daí, sublinha, a necessidade da intervenção estatal.

LEIA TAMBÉM

Um morto e dois feridos em acidente em Viseu

Uma colisão entre dois veículos ligeiros hoje de manhã, em Sátão, distrito de Viseu, provocou …

Autarcas avançam para tribunal para travar fecho dos CTT nas Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) anunciou hoje que vai avançar …