Anoitecer em Alvôco. Autor: Alexandre Relvas

Anoitecer em Alvôco. Autor: Alexandre Relvas

Anoitecer em Alvôco. Autor: Alexandre Relvas

Anoitece;
Hás-de ver as estrelas e sentir-te em casa
Como se uma criança observasse o mundo.

As fábricas da noite iniciam-se
À medida que sol se vai pondo
Com o teu olhar apaixonando-se pelo céu,
Enquanto bebes do momento dos teus sentidos.

Depois, lentamente colocar-te-ás entre as entrelinhas do céu;
Saberás que há mais luz no escuro da noite do que em Paris
E a tua alma caminha entre as pontes do mundo.

A faísca da tua existência
É, agora, um espetáculo de fogo de artifício
E ouvirás, neste anoitecer, uma grande exclamação: ah!

Anoitece, tranquilamente e ao sabor da natureza
Aqui, em Alvôco.

LEIA TAMBÉM

Presidente da autarquia oliveirense anuncia recuperação de 77 casas ardidas e abre concurso para substituir sinalética destruída

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) decidiu pela adjudicação da recuperação …

Oliveira do Hospital recebe final da etapa da Volta a Portugal de homenagem às populações afectadas pelos incêndios e Marcelo acompanha caravana

A 80.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta vai passar por alguns concelhos afectados …