Antigo presidente da Câmara não quer EXPOH no Mandanelho

 

No decorrer de uma intervenção, através da qual manifestou o seu descontentamento perante a degradação e abandono de algumas zonas verdes da cidade – “passamos em certos concelhos e vemos cuidados na preservação e ajardinamento com vários tipos de flores”, frisou – o vereador do PSD na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital opôs-se à realização da EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital no Parque do Mandanelho.

“A Câmara Municipal não dá bom exemplo ao introduzir uma feira numa zona que não está adequada para aquele evento”, afirmou esta manhã Mário Alves, entendendo que a autarquia “tem espaços adequados para fazer aquele evento sem prejudicar o parque”.

Em reunião pública da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, o antigo presidente chegou até a remeter para o projeto de requalificação do parque do Mandanelho, para lembrar que o mesmo não prevê a realização deste tipo de exposições.

Mário Alves, que assegurou não estar contra a realização do evento, considerou que a colocação da EXPOH naquele parque retira a componente para a qual foi criado.

Preocupado com “a defesa daquele que é o património” do espaço, o vereador da oposição na autarquia oliveirense entende que o mesmo “não está dimensionado” para aquele efeito, chegando até a denunciar o “abandono” a que foram votadas algumas árvores.

A posição de Alves não colheu, contudo, o aval do vice-presidente da Câmara Municipal que hoje foi responsável pela condução da reunião pública do executivo, que chegou a informar o vereador de que, “até decisão contrária, a EXPOH vai continuar a ser realizada no Parque do Mandanelho”.

José Francisco Rolo lembrou que o espaço em questão é “a grande sala de visitas de Oliveira do Hospital” e que “pelas suas condições” vai continuar a acolher o certame que, naquele local, tem “condições para crescer”.

“É a sua opinião. Só me sinto entristecido por ver, que pelos visto, o mal compensa”, reagiu Mário Alves.

Em face da denúncia de Alves acerca da existência de árvores abandonadas no Mandanelho, a vereadora Graça Silva esclareceu que tal não corresponde à verdade e que “já foram plantadas mais de 30 árvores” naquele espaço.

“Houve cuidado de fazer manutenção do Parque do Mandanelho”, assegurou Graça Silva, informando que algumas das árvores mandadas plantar pelo anterior executivo não vingaram. “Eram árvores de pequeno porte e nós investimos um pouco mais e agora estão lá em força”, referiu, deixando Mário Alves incomodado, ao ponto de solicitar a consulta da faturação relativa ao dinheiro que o seu executivo gastou com a plantação de árvores no espaço.

Relativamente às restantes zonas verdes em estado de abandono, Rolo garantiu já ter reunido com o engenheiro da Câmara Municipal e jardineiros no sentido de melhorarem o aspeto físico da cidade. O responsável deu ainda conta da intenção de o município voltar a florir os canteiros da cidade, revelando-se porém preocupado com as frequentes tentativas de destruição desses espaços.

LEIA TAMBÉM

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …