Em contagem decrescente para o terminus do mandato – Outubro de 2009 – o presidente da Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira assegura que “a CDU vai cumprir o programa eleitoral apresentado nas eleições autárquicas de 2005”.

António Lopes renunciou mandato, mas João Dinis garante que “a CDU vai cumprir programa eleitoral”

 

Imagem vazia padrãoA garantia é avançada por João Dinis que, em comunicado enviado ao diário online do Correio da Beira Serra, não deixa de reconhecer o “empenhamento e generosidade que caracterizam o comportamento político e social de António Lopes”, que recentemente pediu renúncia ao seu mandato enquanto eleito CDU e presidente da Assembleia de Freguesia de Vila Franca da Beira. “A CDU assume que este seu ex-eleito faz falta à freguesia e ao município”, adianta o comunicado.

O novo presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia deverá ser eleito em Abril e João Dinis garante não baixar os braços até Outubro de 2009. Os sanitários do cemitério, o calcetamento das ruas adjacentes ao Largo do Rossio – depois de a Câmara aí ter substituído a canalização da água pública – são obras a que o autarca se compromete a dar seguimento, remetendo para a Câmara Municipal e Governo, a competência de construírem um novo depósito de água, um edifício polivalente anexo à escola, bem como a correcção e arranjo da Estrada Nova.

No mesmo comunicado – denominado por Boletim – a Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira volta a mostrar o seu desacordo relativamente à concessão do abastecimento de água pública e da Estação de Tratamento de águas Residuais da freguesia ao Sistema Multimunicipal da Águas do Zêzere e Côa. Lembra o seu voto “contra”, em Assembleia Municipal de 2004, por considerar que os sistemas nas mãos da empresa se iriam traduzir em “grandes aumentos no custo da água e na taxa de saneamento”. Imputa agora à Câmara e Assembleia Municipal a responsabilidade de “não permitirem os exagerados aumentos dos preços”. Ou – adianta – “seja a Câmara a garantir um custo social para estes bens e serviços essenciais”.

Comemorar 20 anos de criação pela não extinção

No Boletim de Janeiro, o presidente da Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira chama ainda a atenção para a data festiva que autarquia está prestes a atingir. No dia 23 de Maio, assinalam-se duas décadas, após publicação em Diário da República da criação da Freguesia e João Dinis apela à sua comemoração, que é “tanto mais importante”, porque “PS e PSD conduzem mais um perigoso ataque contra as pequenas freguesias”.

O autarca aponta o dedo às intenções “desses partidos”, no sentido de acabarem com freguesia com menos de mil eleitores e de limitarem às Juntas de Freguesia a recepção de “mais verbas directamente do Orçamento de Estado”. Adianta que a autarquia que lidera conta apenas com 24 mil euros por ano do Orçamento de Estado.

LEIA TAMBÉM

“O presidente diz que Oliveira está na moda. Adarnela só se for na moda da idade da pedra. Não tem água, nem saneamento”

Quem chega a Adarnela, no concelho de Oliveira do Hospital encontra uma localidade dividida entre …

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …