O autor português de literatura infanto-juvenil, António Mota, iniciou a semana passada uma visita pelos agrupamentos de escolas do concelho, no âmbito do projecto “Arca do Saber” promovido pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

António Mota visitou escolas para incentivar à leitura

Imagem vazia padrão“Trata-se de mais uma forma de promovermos o livro e a leitura junto das nossas crianças”, referiu aos jornalistas a vereadora do pelouro da Educação que presenciou o primeiro encontro do autor, com um grupo de crianças na biblioteca escolar do Agrupamento de Lagares da Beira. Fátima Antunes referiu também que esta é apenas uma de entre as várias iniciativas do município destinadas a incrementar o gosto pela leitura junto do público escolar. Destacou a importância da “Arca do Saber” que consiste na existência de arcas recheadas com livros infanto-juvenis que estão ao dispor dos agrupamentos, com excepção da Cordinha, por – como referiu – a biblioteca daquela escola estar muito bem apetrechada com este tipo de literatura. A responsável pela educação no concelho, fez ainda alusão ao concurso literário, em vigor até 11 de Abril, promovido pela autarquia, agrupamentos e bibliotecas escolares e que desafia os alunos desde o pré-escolar até ao 3º Ciclo de Ensino Básico a dar continuidade a uma história escolhida de entre uma panóplia de livros colocada à sua disposição.

Destacando também o facto de a autarquia se assumir como parceira do Plano Nacional da Leitura, Fátima Antunes disse ter noção de que, com base na informação prestada pelas bibliotecas, “o número de leitores tem vindo a subir”. Ao nível da escolas, a vereadora tem também vindo a constatar o aumento do interesse pela leitura, mas sublinhou que por vezes também importa definir algumas estratégias. Deu o exemplo da biblioteca escolar de Lagares da Beira, onde para os alunos terem acesso ao espaço Internet, têm que previamente gastar 30 minutos a ler um livro, ou apenas uma pequena história.

“Foi uma estratégia que encontrámos e está a dar resultado”, assegurou o presidente do Conselho Executivo do Agrupamento de Escolas de Lagares da Beira, garantindo que “a biblioteca escolar é muito requisitada”.

Escritor esteve noutros Agrupamentos

António Mota foi presenteado pelos alunos com uma dramatização e pequeno conto, mas coube-lhe ao autor a tarefa de interagir com os mais novos. Partilhou vivências, recordou algumas passagens dos seus contos e autografou os livros dos seus admiradores. Mota visitou ainda os Agrupamento de Escolas da Cordinha, Brás Garcia de Mascarenhas e Vale do Alva.

Também professor do ensino básico, António Mato escreveu o seu primeiro livro “Aldeia das Flores”, aos 19 anos. São também da sua autoria as obras “Segredos”, “O Velho e os Pássaros”, “Negócios do Macaco”, “Jaleco”, entre outros. Para além da história, António Mota dá também importância à ilustração de cada livro. “Nada é por acaso”, explicou esta manhã, sublinhando que “um ilustrador não faz só o que diz a história, faz também outras coisas”.

LEIA TAMBÉM

Alunos da ESTGOH consideram “Oliveira do Hospital uma cidade acolhedora”

ESTGOH atrai 110 alunos na primeira fase de acesso ao ensino superior, curso de Gestão das Bioindústrias sem grande adesão

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) preencheu 110 das …

Amianto vai ser retirado da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, oposição critica “timing”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou ontem que assinou um contrato de adjudicação …