CIM Coimbra contra nova linha ferroviária entre Aveiro e Vilar Formoso

Apeadeiro de Abrunhosa, em Mangualde, foi recuperado e viu devolvida a sua fachada original de 1935

A Infraestruturas de Portugal concluíu os trabalhos de reabilitação do Apeadeiro de Abrunhosa, na Linha da Beira Alta, no concelho de Mangualde. A empresa assegura ter devolvido ao edifício “a sua singularidade” que se destaca “pela harmonia das suas fachadas originais, os alpendres suspensos que abrigam os vãos de janela e os socos revestidos a azulejo disposto simetricamente e pelos painéis azulejares da autoria de Jorge Colaço, mestre da azulejaria nacional e autor dos painéis historiados do átrio da Estação de São Bento”.

Além da recuperação estrutural e da conservação do património azulejar, a intervenção de reabilitação teve em conta o cuidado de recuperar a traça original do edifício que, em virtude de diferentes intervenções, realizadas ao longo dos tempos, havia sido desvirtuada. “A obra constituiu mais um contributo para a preservação e valorização do património a cargo da IP”, sublinha a Infraestruturas de Portugal.

O Apeadeiro de Abrunhosa, localizado na freguesia de Abrunhosa-A-Velha, foi inaugurado no dia 10 de agosto de 1935 e procurou dar resposta ao facto desta gare ser, à data, o principal ponto de acesso à Casa de Repouso de Abrunhosa-a-Velha, um importante estabelecimento hoteleiro da região. A obra concretizou na altura uma aspiração das gentes locais, até então, servidas apenas por um simples ponto de paragem de circulações regionais que datava da inauguração da Linha da Beira Alta (1882).

A partir desse momento passou a ser possível a paragem de comboios rápidos e do emblemático “Sud Expresso”, num interface com serviço de mercadorias e passageiros, e que instantaneamente constituiu um factor importante na promoção do desenvolvimento socioeconómico regional.

LEIA TAMBÉM

Quem compra pássaros? Autor: Renato Nunes.

Todos os sábados, quando ainda mal amanhece, saio de casa em direcção ao mercado semanal. …

frio

Chuva poderá regressar na próxima quarta-feira

O tempo seco vai continuar, pelo menos, até à próxima quarta-feira, altura em que poderá …