ARCIAL deu as boas vindas ao pirilampo mágico

A Campanha do pirilampo mágico 2014 já chegou a Oliveira do Hospital. A vestir lilás claro, o pirilampo mágico tem associado o tema “acende a nossa esperança”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO largo Ribeiro do Amaral, em pleno centro da cidade de Oliveira do Hospital foi, esta manhã, o local escolhido pela Arcial para assinalar o arranque da campanha do pirilampo mágico 2014, organizada desde há 27 anos pela Federação Nacional das Cooperativas de Solidariedade Social (FENACERCI), em parceria com cerca de 100 organizações, com o objetivo de informar e sensibilizar a opinião pública sobre a problemática da pessoa com deficiência intelectual e/ou multi deficiência procurando salvaguardar o direito à igualdade de oportunidades e o exercício da cidadania plena deste tipo de população.

“O Pirilampo Mágico é um pequeno objeto que temos há 27 anos e com o seu pequeno contributo estamos a ajudar as cercis (cooperativas de solidariedade social) e instituições congéneres como a ARCIAL”, referiu ao correiodabeiraserra.com Rosa Neto, presidente da direção daquela instituição que se assume parceira da campanha do pirilampo mágico nos concelhos de Oliveira do Hospital e de Tábua.

A campanha do pirilampo mágico alusiva ao atema “acende a nossa esperança” arrancou no dia 3 de maio e decorre, em todo o país, até 25 de maio. Nos concelhos de Oliveira do Hospital e Tábua, a Arcial assegura a venda de dois mil pirilampos, pelo valor de dois Euros cada, bem como dos pin’s alusivos à campanha pelo valor de 1 euro. “Assim contribuímos para minimizar lacunas que vão surgindo ao longo da vida”, explica a responsável pela instituição que presta apoio a pessoas portadoras de deficiência nos concelhos de Oliveira do Hospital e Tábua.

No arranque da campanha, Rosa Neto acredita no bom desempenho da ARCIAL que, tal como em anos anteriores procede à venda dos pirilampos través dos utentes e colaboradores, bem como de habituais postos de venda em Oliveira do Hospital e Tábua. Também o município oliveirense é considerado parceiro importante ao assegurar a venda de um número considerável de pirilampos. “Temos sempre bastante adesão por parte das pessoas”, disse satisfeita a responsável pela Arcial prevendo que a instituição atinja “rapidamente” a venda dos dois mil pirilampos e proceda à requisição de mais unidades.

A apelar solidariedade dos oliveirenses e tabuenses, Rosa Neto lembra que se trata de “um pequeno, mas grande gesto” em prol das instituições que, tal como a ARCIAL, apoiam portadores de deficiência. Por isso, explica que parte da verba conseguida é destinada à ARCIAL, sendo a restante canalizada para a Fenacerci.

A simpatizar com a cor – “lilás clarinho”, referiu – que veste o pirilampo, Rosa Neto lembra que o pirilampo é uma “luzinha que brilha nos nossos corações e vai ajudar os nossos jovens com alguma incapacidade”.

No arranque da campanha em Oliveira do Hospital, a Arcial contou com a presença das crianças da Obra D. Josefina da Fonseca e a colaboração do ginásio Corpus e da Câmara Municipal. Ao lado de Rosa Neto, o presidente da autarquia apreciou o “trabalho fantástico” que a Arcial faz nesta área. “É um trabalho muito difícil e com muito amor”, referiu José Carlos Alexandrino, desejando “sucesso” para a campanha.

LEIA TAMBÉM

Autarcas avançam para tribunal para travar fecho dos CTT nas Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) anunciou hoje que vai avançar …

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …