ARCIAL organizou Arraial para fazer face aos custos

 

O objetivo, tal como o da primeira edição, foi a angariação de fundos para a ARCIAL, de forma a «tapar alguma lacuna que eventualmente vá surgindo», referiu a presidente da direção da instituição.

Rosa Neto explicou que, apesar da verba proveniente da Segurança Social, «os custos são cada vez mais agravados, inclusive é com a manutenção das viaturas», destinadas à deslocação dos 50 utentes que frequentam a ARCIAL.

A responsável  salientou a «adesão e o apoio incondicional das pessoas, de toda a comunidade» na preparação do IIº Arraial da ARCIAL.  Um «objetivo muito nobre» que o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital fez questão de louvar. «A ARCIAL está de parabéns», comentou José Carlos Alexandrino. Também para a vereadora da Educação e Cultura, «a direção está de parabéns pela iniciativa». «Não me surpreende», registou Graça Silva, agradecendo à instituição «tudo o que tem feito pelos utentes”.

“Sem a ARCIAL muitas famílias não poderiam dar a qualidade de vida que os nossos utentes têm», observou a responsável que também aludiu à “função importantíssima” que a instituição tem no concelho no que à área social diz respeito.

Mais condições para os utentes

O IIº Arraial da ARCIAL destinou-se também à angariação de fundos para «os equipamentos e todo o mobiliário» das residências que a instituição irá inaugurar «em breve», comentou Rosa Neto. A obra, financiada em 50 mil euros pela CMOH, está a cargo da empresa Irmãos Peres e está já «numa fase de acabamentos».

«Já está muito adiantada, felizmente está a correr muito bem, vamos dar resposta aos nossos utentes», referiu a responsável. As residências autónomas vão ter capacidade para acolher cinco rapazes e cinco raparigas. Um projeto ansiado pela instituição que tem a registar a «ajuda incrível» da empresa construtora e da autarquia oliveirense. “Enquanto mãe, de 50 utentes desta instituição e do Miguel, ficarei eternamente grata», referiu Rosa Neto.

O presidente da Câmara Municipal valorizou o facto de a obra ser executada por uma empresa local e ter o «objetivo importante de prestar auxílio àqueles que apresentam um certo quadro de deficiência e que, com certeza, viverão mais felizes».

«Esta é mais uma prova de que a ARCIAL não está parada, porque ainda recentemente inaugurou estas instalações e já está a pensar numa nova inauguração», teve a oportunidade de sublinhar a vereadora Graça Silva , reconhecendo a capacidade de trabalho da instituição «que se tem sabido aliar a vários parceiros».

Renata Rodrigues

LEIA TAMBÉM

EM OLIVEIRA DO HOSPITAL APROVEITAMENTOS ELEITORALISTAS DO PS E SEUS PRINCIPAIS AUTARCAS-CANDIDATOS MANCHAM JÁ A DEMOCRATICIDADE DO PRÓXIMO ACTO ELEITORAL A 1 DE OUTUBRO ! Autor: João Dinis, Jano

Estamos a assistir a um frenesim eleitoralista por parte de “facção” do PS local envolvida …

CDU apresenta queixa na CNE contra executivo e autarcas do PS oliveirenses por aproveitamento “eleitoralista, ilegítimos e antidemocráticos”

Depois do PSD, a CDU de Oliveira do Hospital enviou também uma queixa à Comissão …