O Partido Comunista Português vai promover em Arganil, no auditório da biblioteca Miguel Torga, dia 21 de Junho, às 16h30, um debate subordinado ao tema “A saúde é um direito, não é um negócio – Defender o Serviço Nacional de Saúde”.

 

Arganil: PCP sustenta que “não se pode aceitar que em Portugal a saúde se transforme num negócio”

Imagem vazia padrãoDe acordo com uma nota de imprensa enviada ao correiodabeiraserra.com, este debate, que conta com a participação do deputado Bernardino Soares, presidente do grupo parlamentar do PCP, surge na convicção comunista de que “não se pode aceitar que em Portugal a saúde se transforme num negócio”.

Na mesma nota, o PCP refere ainda que “para se poder compreender o que se está a passar na saúde e o que está em jogo, é necessário também conhecer o volume de dinheiro que este sector movimenta, quem o paga, como é aplicado e que forças se estão a movimentar e de que forma para obter o controlo de uma parte mais significativa dos dinheiros da saúde”.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …