“As pessoas vêm e ficam agradadas, porque percebem que aqui há qualidade”

 

… a unidade privada marca presença em várias zonas do interior e fora de portas.

A dar nome ao maior hospital privado da região Centro, a Idealmed é hoje sinónimo de confiança na prestação de cuidados de saúde.

Localizada em Coimbra, a unidade privada tem vindo a conquistar terreno em outros territórios da região, onde assegura cuidados de saúde e é até responsável por gestão hospitalar. “Estamos em Leiria, Figueira da Foz, Pombal e Cantanhede e a curto prazo estaremos em outras zonas do interior”, informou o o diretor geral da Idealmed a uma comitiva que, na passada sexta feira, partiu de Oliveira do Hospital para conhecer a unidade hospitalar de base privada, mas que por via de acordos com o Serviço Nacional de Saúde e outros subsistemas e planos de saúde possibilita o acesso generalizado da população a todo o tipo de exames complementares de diagnóstico, consultas de especialidade e outros cuidados de saúde.

Uma realidade com que a Idealmed deita por terra “o mito” de que o equipamento tinha acesso restrito por força do preço. “Não é verdade”, assegura José Alexandre Cunha, informando que a Idealmed goza de um conjunto de mecanismos que possibilitam o acesso de toda a comunidade. Até porque, explica, “estes projetos só são válidos se forem ao encontro das possibilidades das pessoas”, pelo que a “Idealmed preparou-se bem a esse nível”.

Um modelo inspirado nas boas práticas de outros países e que tem permitido à Idealmed crescer. A crescente lista de utentes é prova da capacidade da unidade privada em chegar a todos os segmentos da população. “As pessoas percebem que vale a pena”, regista José Alexandre Cunha, notando que os planos de saúde colocados à disposição da generalidade da população é hoje o garante de um serviço de saúde prestado com qualidade a preços suportáveis por todas as famílias, que não abdicam de poderem beneficiar do conhecimento dos melhores quadros clínicos e demais profissionais de saúde.

“Know-how” que começa a ser “cobiçado” fora de portas. Para além dos protocolos que tem firmados com todas as seguradoras nacionais, a unidade privada já começou a celebrar acordos com seguradoras alemãs e de outros países, fazendo com que cidadãos estrangeiros recorram aos cuidados de saúde prestados pela Idealmed.

“Percebem que a qualidade está cá e a competência humana existe”, verifica o diretor geral da unidade, certo de que a Idealmed está a dar “bons passos” na afirmação do turismo de saúde que, entende, deveria ser um desígnio nacional tendo em conta o mérito já demonstrado por outros grupos nacionais. Ao mesmo tempo que atrai utentes aos serviços que presta em Portugal, a Idealmed também conquista terreno em Cabo Verde, Angola e Xangai. “A Idealmed é um grupo recente, mas está a ter esta aceitação”, constata José Alexandre Cunha, contando que na prática a Idealmed está a ser “convidada a levar conhecimento fora de portas”.

Uma procura que, sublinha José Alexandre Cunha, vai de encontro com a postura da Idealmed de valorização do conhecimento e capacidades de que está munida e que tem sido o garante de “sucesso”.

Um balanço positivo que surge ao fim de apenas meio ano de atividade – a Idealmed foi inaugurada em maio e iniciou funções em setembro de 2012 – e muito à custa do “reconhecimento da comunidade”. “As pessoas vêm, ficam agradadas e percebem que aqui têm qualidade”, verifica satisfeito o diretor geral da unidade privada, certo de que para tal muito tem contribuído as condições das instalações, diferenciação de equipamentos e recursos humanos de excelência.

A Idealmed é a sub-holding do Grupo IdealTower fundado em 2009 por Carlos Dias. O Grupo Ideal Tower conta hoje com um universo de 20 empresas.

LEIA TAMBÉM

Despiste no IP3 causa um ferido grave

Uma pessoa ficou hoje gravemente ferida num despiste de um veículo ligeiro, no IP3, na …

GNR deteve indivíduo em Celorico da Beira por furtos em interior de veículos

O Núcleo de Investigação Criminal da Guarda da GNR deteve, em Celorico da Beira, na …