Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital vota documentos de prestação de contas de 2011

 

Depois de terem sido aprovados em reunião extraordinária do executivo – com os votos favoráveis do PS e a abstenção da oposição (PSD e Movimento Independente Oliveira do Hospital Sempre) e do atual vereador independente que desde o início do ano é membro do executivo em permanência – os documentos de prestação de contas do ano 2011 vão ser, hoje, sujeitos à apreciação e votação dos membros da Assembleia Municipal.

Tal consta do ponto quatro da Ordem de Trabalhos daquele órgão autárquico que hoje reúne em sessão ordinária, pelas 21h00, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Em cumprimento do último ponto, a Assembleia será ainda convidada a apreciar e votar a proposta de aplicação do resultado líquido do último ano.

No total são cinco os pontos que constituem a ordem de trabalhos da Assembleia Municipal que reúne, esta sexta feira, e que no período antes da ordem do dia deverá ficar marcada por intervenções em torno da polémica lei da reorganização administrativa e que , a nível, local, está a gerar grande reboliço com a ameaça de extinção da segunda maior freguesia do concelho oliveirense, Nogueira do Cravo.

Ainda no que à ordem de trabalhos diz respeito, a Assembleia vai também apreciar e votar a proposta de contratação de pessoal, bem como o “Regulamento para a atribuição de apoios a agregados familiares desfavorecidos”.

A apreciação do inventário de todos os bens, direitos e obrigações patrimoniais e respetiva avaliação também vai estar em cima da mesa.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …