Deputados Municipais receberam informação de suporte com atraso para AM de sexta-feira e Mesa promete justificar-se

Assembleia Municipal debate Plano de Atividades e Orçamento para 2012

 

A discussão das Grandes Opções do Plano (GOP) e do Orçamento do município de Oliveira do Hospital para 2012 é o principal ponto da ordem de trabalhos da Assembleia Municipal, que reúne este sábado, 17 de dezembro, pelas 09h00.

Em cima da mesa vão estar documentos que, em reunião extraordinária do executivo municipal foram aprovados apenas com os votos favoráveis do executivo em permanência, sendo que os quatro vereadores da oposição optaram pela abstenção.

Os deputados municipais vão, assim, ser convidados a apreciar e votar um orçamento na ordem dos 14 milhões de Euros e que prima pela “forte matriz social” de “apoios às pessoas”, estando previsto o arranque de novas medidas de apoio à empregabilidade e contratação. Uma rubrica a que o executivo chefiado por José Carlos Alexandrino canaliza uma fatia considerável do orçamento na ordem dos 946 mil Euros.

Num Plano de Atividades onde o executivo socialista prevê investir mais de um milhão de Euros na área de saneamento e salubridade e equaciona canalizar, por via da descentralização, 620 mil Euros ao conjunto das 21 freguesias, deverá ser a área da Educação aquela que mais reparos suscitará junto dos deputados municipais.

Tal decorre do facto de, naquele documento, estar prevista a construção de um novo centro escolar na cidade de Oliveira do Hospital, uma obra que o executivo estima que não deverá ultrapassar os três milhões de Euros e que já dotou com 600 mil Euros.

Desta forma, o executivo que garante só avançar com a obra desde que comparticipada em 95 por cento pelo QREN, pretende disponibilizar um moderno centro educativo aos alunos do primeiro ciclo e, ao mesmo tempo, possibilitar a mudança da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) para a atual EB1. A acontecer, a construção do desejado Centro Escolar deverá ser feita em espaço próximo da Escola Secundária e Agrupamento de Escolas Brás Garcia de Mascarenhas.

No Plano de Atividades para 2012, o executivo municipal avança ainda com o prometido apoio à execução do relvado sintético para a formação do FCOH (100 mil Euros) e o apoio à criação de complexo desportivo em Lagares da Beira (100 mil Euros). Destaque também para a requalificação, beneficiação e apetrechamento do Mercado Municipal (600 mil Euros), requalificação da Avenida Dr. Carlos Campos (250 mil euros) e construção da Estação Central de Camionagem ( 452 mil Euros).

LEIA TAMBÉM

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …