Medalha de ouro vale bola de futebol autografada por “the special one”

… o técnico desportivo Vítor Frade presenteou a autarquia com uma bola de futebol autografada por José Mourinho, “the special one”.

Deu a vitória ao Inter de Milão no jogo da final da Liga dos Campeões, disputado em maio de 2010, frente ao Bayern de Munique e faz parte, desde a manhã de hoje, do conjunto de presentes oferecidos à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Trata-se da bola de futebol que o melhor treinador do mundo, José Mourinho – à data técnico do Inter de Milão – autografou com uma dedicatória e ofereceu ao professor Vítor Frade, mentor da metodologia da “periodização tática”, hoje agraciado pela autarquia com a mais elevada distinção municipal, a medalha de Ouro.

“Numa atitude simples gostava de oferecer a bola ao município”, afirmou o agraciado surpreendendo todos os presentes numa altura em que confidenciava o motivo pelo qual José Mourinho, naquele jogo em que o Inter de Milão venceu 2-0 frente ao Bayern não saltou a comemorar a vitória, mas antes se preocupou em apanhar e guardar consigo a bola da vitória, que depois lhe ofereceu com uma dedicatória.

Um gesto de reconhecido valor para a autarquia e todos quanto o presenciaram, protagonizado por aquele que é considerado como “um professor que é diferente de todos os outros”. “Ele fala com o coração”, testemunhou na primeira pessoa o holandês Pepisn Parcival Lisnders, especialista em técnica individual no Futebol Clube de Porto que veio a Oliveira do Hospital falar do “prof” que considera “especial”.

“Na vida encontramos muita gente, mas só alguns são especiais”, reforçou o jovem que trocou o PSV Heindhoven pelo FC Porto.

Por cá, coube ao amigo João Dinis falar do “conterrâneo consagrado nacional e internacionalmente como uma referência incontornável – teórica e prática – no mundo do desporto em geral, e do futebol em particular, sem esquecer o voleibol”. “É um professor experimentador”, referiu Dinis a propósito de Vitor Frade, o autor da “periodização tática” que tem servido de base aos mais conceituados preparadores físicos do mundo do futebol.

Em causa estão nomes como José Mourinho, Pep Guardiola, Jorge Jesus, Vítor Pereira, entre outros, que Vítor Frade hoje não deixou de elencar pelo facto de com eles ter conseguido levar à prática a metodologia da periodização tática. “Tenho 33 anos de lecionação e faculdade e mais anos de ligação ao terreno, mas foi mais importante o tempo de terreno do que o de faculdade”, partilhou Vítor Frade.

Alvo de agraciamento por parte da autarquia oliveirense com a mais elevada distinção, Vítor Frade confessou sentir-se “invadido por um sentimento de profunda gratidão”. Um gesto que, contou, ganha significado maior por partir do município onde tem o seu registo de nascimento. “É para mim uma honra”, garantiu.

“É um exemplo do que queremos para Oliveira do Hospital”, referiu o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, que vê no amigo e parceiro de futebol Vitor Frade – o homem que “nunca se sentiu diminuído perante o mundo”, frisou – “esta temeridade, esta vontade de rasgar horizontes que queremos como exemplo para Oliveira do Hospital”.

LEIA TAMBÉM

João Dinis acusa CM de Oliveira do Hospital de “negligência continuada” em estrada municipal

O membro da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca …

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …