Autarcas da região Centro reúnem-se esta tarde com o ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações

 

Em representação de 25 autarcas que, em Fevereiro, subscreveram uma missiva enviada o ministro das Obras Públicas Transportes e Comunicações a solicitar uma audiência com carácter de urgência, após o anúncio da suspensão de construção da concessão da Serra da Estrela, uma comissão constituída por sete autarcas senta-se hoje à mesa com António Mendonça.

Recorde-se que no pedido de audiência, os 25 autarcas subscritores referem que “a construção de infra-estruturas rodoviárias que interligam os distritos de Coimbra, Viseu, Guarda e Castelo Branco, criando ligações entre as cidades de Coimbra, Covilhã, Guarda e Viseu, é uma condição absolutamente imprescindível e portanto necessária para dar condições de desenvolvimento para a região”.

Ao ministro António Mendonça, o grupo de autarcas, que surge com o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital como principal rosto, relembra que estão em causa distritos que “têm as mais baixas taxas de execução do Plano Rodoviário” e, que são simultaneamente, distritos com “altas taxas de sinistralidade”.

Na missiva, os presidentes de Câmara esclarecem ainda que as acessibilidades entretanto suspensas “não são auto-estradas, são estradas que ligam e interligam muitas das principais cidades e vilas da região”.

O anúncio de suspensão dos IC tem marcado as principais intervenções políticas do presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, ainda recentemente, considerou que o concelho “se sente traído em relação ao que foi prometido”.

Esta matéria que, na última Assembleia Municipal, valeu a votação unânime dos deputados em favor da reivindicação da construção daqueles troços, até já levou o presidente Alexandrino a ponderar um cenário de demissão, caso os IC não avancem.

Nesta luta pela construção dos itinerários que compõem a concessão da Serra da Estrela, adiada pelo governo, o autarca de Oliveira do Hospital conseguiu desde a primeira hora reunir o apoio de cerca de três dezenas de autarcas de toda a região Centro.

Conheça aqui a missiva enviada a António Mendonça.

LEIA TAMBÉM

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …

Dez detidos em Seia por tráfico de droga

A GNR de Gouveia deteve, entre os dias 1 e 3 de Setembro, oito homens …