Autarcas da região não aceitam encerramento do Centro de Emprego de Arganil

 

A possibilidade de encerramento do Centro de Emprego e Formação Profissional de Arganil está a preocupar os presidentes das câmaras municipais de Arganil, Góis, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra e Tábua.

Reunidos no dia 20 de Dezembro, em Tábua, os autarcas decidiram unir esforços e manifestar a “mais veemente oposição à eventual decisão de encerramento do Centro de Emprego e Formação Profissional de Arganil”, por entenderem que o mesmo tem “desenvolvido um papel de grande relevância na criação e manutenção de emprego, bem como na formação e qualificação do potencial humano da região”.

Contra uma hipotética decisão que consideram “injusta”, os cinco presidentes realçam o “excelente trabalho” desenvolvido por aquele Centro de Emprego e destacam o facto de o mesmo apresentar os “melhores indicadores de execução”, em comparação com estruturas congéneres e limítrofes.

Em defesa da manutenção do Centro de Emprego e Formação Profissional de Arganil, os cinco líderes concelhios não deixam ainda de sublinhar a necessidade desta estrutura, num período em que se assiste a “uma conjuntura particularmente difícil para as empresas e os cidadãos”.

Unidos pela mesma luta, os autarcas de Arganil, Góis, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra e Tábua asseguram que “não deixarão de recorrer a todos os meios ao seu dispor para contrariar uma eventual decisão injusta”. Em uníssono, consideram estar em face de uma medida que “descapitaliza a Beira Serra” e que “prejudicará, de forma indelével, o desenvolvimento de toda a região”.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …