Autarquia coloca sábado em funcionamento o mercado municipal e central de camionagem de Oliveira do Hospital

Autarquia coloca sábado em funcionamento o mercado municipal e central de camionagem de Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital irá abrir este sábado o novo mercado municipal e a central de camionagem, numa pré-inauguração que irá coincidir com a abertura de mais uma edição da EXPOH. A inauguração oficial destes equipamentos está agendada apenas para 7 de Outubro, integrada nas cerimónias do feriado municipal.

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, explicou que uma vez que os espaços estão prontos não faria sentido que permanecessem fechados. “Queremos colocar este equipamento ao serviço de Oliveira do Hospital”, explicou mostrando-se confiante que estão reunidas todas as condições para o regresso dos comerciantes ao mercado depois de quase dois anos “realojados” em instalações provisórias, numa antiga oficina automóvel adaptada para o efeito.

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Governo aumenta para 85 por cento o apoio às empresas afectadas pelos incêndios de Outubro

O Governo aumentou de 70 por cento para 85 por cento o apoio à recuperação …

Vítimas dos incêndios vão enviar caderno reivindicativo a vários órgãos de poder e pedem demissão de ministro da Agricultura e da liderança da CCDR

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM), liderado pelo empresário …

  • jpcruz

    como é que é possivel uma obra nova , só agora é que se lembraram que é preciso esgotos? as pessoas ficaram a espera dos autocarros a chuva e ao frio., as zonas de cargas e descargas nem coberto tem, a zona de cafetaria nem copa nem saida de fumos tem isto é vergonhoso para este executivo e para pior agora foram buscar a moda do jardinismo da madeira para a mesma obra é preciso mais que uma inauguração. tenho vergonha de ser representado por este executivo camarário

  • Guerra Junqueiro

    Primeira cerimonia em favor do culto à imagem do Sr Presidente chama-se pré-inauguração.
    Continuação do culto já marcado para sete de outubro próximo com a inauguração.
    Prevê-se que lá para o fim do ano se termine este ritual com uma pós-inauguração com data a marcar.
    Muito bem Sr Presidente, com poucas obras concluídas, consegue manter ou mesmo aumentar as festividades pretendidas.
    Pergunto se as festividades acontecem ao abrigo de “numerus clausus” previamente definidos por esta equipa camarária?

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

  • Camionista

    Os comerciantes, depois de estarem dois anos realojados em instalações provisórias numa oficina adaptada para o efeito, vão agora ser trialojados no novo e inacabado mercado municipal.
    De modo a colmatar estas deficiências e imperfeições, o Sr. Presidente da Câmara prometeu desde já duas festas com a possibilidade da terceira. Anunciou de imediato uma pré-inauguração para ainda hoje, uma inauguração para o dia 7 de outubro, deixando-nos a esperança e regozijo de uma pós-inauguração lá para o final do ano.
    Explicou o Sr Presidente que não quer de modo algum que pelo motivo de não conseguir fazer as obras pretendidas se privem os Oliveirenses das respectivas festas de inauguração das mesmas: o tudo pelas pessoas, obriga-o a inaugurar no mínimo três vezes as poucas obras que vai edificar, seguindo sempre a sua linha de actuação.
    Esperemos, então, que para estas inaugurações se recorra aos produtos aí comerciados, livrando assim os Oliveirenses do usual e recorrente “porco no espeto”.