Leonel Gouveia Santa Comba Dão

Autarquia de Santa Comba Dão pretende construir centro de estudos sobre o Estado Novo e não homenagear Salazar

A Câmara de Santa Comba Dão está apostada em criar um Centro de Estudos do Estado Novo nos próximos dois anos. A autarquia vai concorrer a fundos comunitários e quer envolver privados na iniciativa para suportar a obra. O presidente da autarquia nega que este projecto seja qualquer homenagem a António de Oliveira Salazar, natural daquele concelho.

O projecto, que deverá nascer na antiga escola primária de Vimieiro, a localidade onde nasceu o estadista que mais tempo governou Portugal, passa por criar um Centro de Estudos do Estado Novo, que venha a contribuir para o estudo de uma época que marcou de forma indelével a história portuguesa de Portugal entre 1926 e 1974.

“Será um centro que tenha documentos que possam ser estudados por académicos, alunos do secundário e professores”, explica o autarca Leonel Gouveia, reforçando mais uma vez que não se trata de qualquer homenagem ao ex- governante ou de um Museu Salazar. O Centro contará com a mais diversa documentação, alguma existente na posse da autarquia e outra ainda dispersa.

“Está também no nosso projecto a criação de um centro interpretativo, com recurso a material multimédia para que possam ser recriadas as vivências de toda uma época, quer política, económica ou social. Que relate esse período da nossa história”, explica ainda o autarca, frisando que é apenas uma referência a uma parte da história de Portugal. “É um centro interpretativo e não uma homenagem. Estamos a falar de um período da nossa história e é isso que está em causa”, remata.

A intenção do actual executivo da Câmara Municipal de Santa Comba Dão passa pela conservação, protecção e desenvolvimento do património cultural. Para o efeito pretendem aproveitar a existência da antiga Escola Primária, típica do Estado Novo, que se encontra em bom estado de conservação.

Foto: Farol da nossa terra

LEIA TAMBÉM

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …

Elon Musk defende rendimento universal para compensar “roubo de empregos pela” automação

Com muitos relatórios a apontar para uma redução significativa do número de empregos disponíveis no futuro, podendo …