Autárquicas 2009: “Mulheres do PSD” foram a convívio da CDU e João Dinis desafiou ao debate com todos os candidatos

Destinada a dar conta da obra feita e dos projectos em carteira para a freguesia de Vila Franca da Beira, a acção dinamizada pela CDU contou com a mobilização de algumas dezenas de moradores, destacando-se também a presença da candidata com que o PSD concorre àquela freguesia.

Foi, de resto às mulheres vilafranquenses que João Dinis dirigiu uma saudação especial, por entender que “elas foram e serão sempre heroínas”. Não deixou, contudo, de se revelar surpreendido com o aparecimento de uma lista concorrente composta por elementos do sexo feminino.

“Mas a Junta de Freguesia estava assim tão mal que necessitasse dessa iniciativa?” questionou o autarca candidato à Junta e à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. “Até parece que as mulheres da minha terra têm sido discriminadas”, considerou João Dinis, verificando que tal como a actual lista da CDU é composta por algumas mulheres, também o mesmo aconteceu em actos eleitorais anteriores.

Perante a mobilização do sexo feminino na constituição de uma lista concorrente, o candidato da CDU aproveitou para também desafiar ao interesse das mulheres pela direcção do clube local e da capela. “Mulheres da minha terra participem” incitou João Dinis, sem que do lado da plateia tivesse recebido qualquer espécie de desacordo. Pelo contrário, quando desafiados a dar conta do estava mal na freguesia, sucediam-se as afirmações: “está tudo bem, está tudo bem…”.

Num acto eleitoral em que a CDU conta com o dissabor da ausência de um ex-militante, João Dinis não reservou o assunto à insignificância e fez questão de destacar todo o apoio prestado por António Lopes.

“Temos uma dívida de gratidão para com o António Lopes”, referiu o candidato, referindo-se aos cerca de 140 mil Euros com que contribuiu para a freguesia. “Estamos convencidos de que o António Lopes vai continuar a apoiar a freguesia”, sublinhou.

Sem deixar também de frisar que muitas obras foram realizadas com o auxílio da Câmara Municipal, João Dinis agradeceu de um modo geral a todos os vilafranquenses que “com pouco, ou muito contribuíram de alguma forma para as coisas que aconteceram na freguesia”.

Cabeça de lista da CDU à Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira, João Dinis desafiou a realização de um frente-a-frente com os candidatos adversários. “Proponho aqui, olhos nos olhos, um debate sobre o futuro da nossa terra”, referiu, entendendo que “se devem falar as coisas, tal como elas são”.

Dinis mostrou-se contudo mais reservado no que respeita à sua candidatura à Câmara Municipal, por entender que não vai ser eleito presidente. “Os eleitores não me vão castigar e, não me vão eleger para a Câmara Municipal”, afirmou.

Confiante num bom resultado para a Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira, o candidato assumiu o posto médico e as escolas como as principais preocupações, ao mesmo tempo que se mostrou decidido em apostar na dinamização de eventos populares na freguesia e na reivindicação, junto da Câmara Municipal, daquilo que são os direitos dos habitantes.

Mostrou-se, contudo, receoso quanto aos rumores de extinção das freguesias com menos de 1000 eleitores. “Faço votos de que Vila Franca da Beira consiga comemorar 25 anos de freguesia”, referiu.

LEIA TAMBÉM

PS vence Assembleia Municipal e PSD fica com a maioria das Juntas de Freguesia

 

Com António Lopes como cabeça de cartaz, o PS foi também o partido mais votado para a Assembleia Municipal.

José Carlos Alexandrino é o novo presidente da Câmara de Oliveira do Hospital

O PS conseguiu hoje um feito que não se repetia desde 1989. Alexandrino devolveu a Câmara Municipal aos socialistas.