Autores de assalto a ourivesaria em Seia ficam em prisão preventiva

O Tribunal de Seia decidiu, ontem, pela aplicação da medida de coação preventiva aos dois indivíduos suspeitos do assalto, com uso de violência, ocorrido numa ourivesaria da cidade ao final da tarde de segunda feira.

Os dois homens , um de 20 e outro de 27 anos, foram detidos no próprio dia pela GNR que, dado o alerta, cerca das 17h45, acorreu ao local e montou uma operação para os capturar, bem como a um terceiro que, após o assalto se colocaram em fuga a pé.

Os três indivíduos entraram numa ourivesaria situada em pleno centro da cidade de Seia, na Praça da República, agrediram a proprietária, uma mulher de 64 anos, e fecharam-na na casa de banho.

Os dois suspeitos detidos e agora sujeitos a prisão preventiva a aguardar ulteriores trâmites processuais tinham na sua posse uma grande quantidade de ouro furtado, avaliado em 86 mil euros, que foi recuperado.

LEIA TAMBÉM

Altice reforça investimento na Guarda que garante cobertura de cerca de 70 por cento do concelho com fibra óptica

A Altice Portugal  vai realizar a segunda vaga de investimento no interior do país em …

Homem dispara sobre ex-mulher em Nelas

Um homem, de 39 anos, terá disparado sobre a ex-mulher hoje de manhã sobre a …