Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Autoridade Nacional de Protecção Civil alerta para risco de incêndios nos próximos três dias

O Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou ontem à noite que para os próximos três dias existe um cenário desfavorável em termos de incêndios florestais, devido a temperaturas máximas que poderão atingir valores entre os 28 a 30ºC na generalidade do território, situação que poderá manter-se nos próximos três dias, aliada a humidade relativa entre 20 a 30 por cento. A ANPC emitiu um comunicado, depois de um contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, no qual refere ainda que as noites também não serão favoráveis.

O CNOS sublinha que em função da previsão da evolução das condições meteorológicas é expectável tempo quente e vento moderado a forte, pelo que pede que a população tome medidas preventivas, como seja a não realização de queimadas, de resto proibidas onde o índice de risco temporal de incêndio seja superior ao nível elevado. Para os locais onde o índice de risco temporal de incêndio seja superior ao nível muito elevado, esta entidade avisa que não é permitido realização de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confecção de alimentos; utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confecção de alimentos ou queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração.

LEIA TAMBÉM

Mortes em acidente em Tábua no acesso ao IC6

Dois homens morreram hoje na sequência de uma colisão frontal entre duas viaturas ligeiras numa …

Funcionário público detido na região de Viseu por apropriação de objectos apreendidos judicialmente

PJ deteve em Trancoso desempregado por alegada violação de criança

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 34 anos, em …