Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Autoridade Nacional de Protecção Civil alerta para risco de incêndios nos próximos três dias

O Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou ontem à noite que para os próximos três dias existe um cenário desfavorável em termos de incêndios florestais, devido a temperaturas máximas que poderão atingir valores entre os 28 a 30ºC na generalidade do território, situação que poderá manter-se nos próximos três dias, aliada a humidade relativa entre 20 a 30 por cento. A ANPC emitiu um comunicado, depois de um contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, no qual refere ainda que as noites também não serão favoráveis.

O CNOS sublinha que em função da previsão da evolução das condições meteorológicas é expectável tempo quente e vento moderado a forte, pelo que pede que a população tome medidas preventivas, como seja a não realização de queimadas, de resto proibidas onde o índice de risco temporal de incêndio seja superior ao nível elevado. Para os locais onde o índice de risco temporal de incêndio seja superior ao nível muito elevado, esta entidade avisa que não é permitido realização de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confecção de alimentos; utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confecção de alimentos ou queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração.

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD acusa executivo Tábua de não reflectir nas contas dívidas de 1,5 milhões

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Tábua, José Pereira, acusa o actual executivo …

GNR de Coimbra aposta no combate à sinistralidade com tolerância zero na velocidade

GNR intensifica controlo de velocidade a partir de amanhã e até domingo

A GNR intensifica a partir de amanhã e até ao próximo domingo, em todo o …