Avô residente em Tábua condenado a cinco anos e meio de prisão por abuso sexual de netas

O Tribunal de Coimbra condenou hoje um homem de 70 anos, residente no concelho de Tábua, a cinco anos e seis meses de prisão por abuso sexual de duas netas.

“Estes comportamentos são graves e não podem ser tratados como se nada se tivesse passado. Mas, se fossemos atender à sua culpa, teria mais do que a pena que teve”, sublinhou, segundo o site noticasaominuto, o juiz, considerando que a pena não é mais pesada devido à idade do acusado e à inexistência de antecedentes criminais.

O indivíduo aproveitava as férias escolares, altura em que estava na quinta dos pais das duas crianças, para as convidar “a passear”, momentos em que alegadamente praticava os crimes de que era acusado. Uma das netas, nascida em 1995, terá sido abusada pelo avô entre os sete e os dez anos, e a sua irmã, nascida em 2003, entre os nove e os dez anos.

LEIA TAMBÉM

Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

Detido em Seia traficante de estupefacientes

A GNR de Seia e de Paranhos da Beira detiveram um homem de 23 anos, …

Mortes em acidente em Tábua no acesso ao IC6

Dois homens morreram hoje na sequência de uma colisão frontal entre duas viaturas ligeiras numa …