Avô venceu concurso de Marchas Populares 2009

Vestidos com tons dourados e movidos pelo tema da desfolhada e confecção do pão, os marchantes de Avô voltaram este ano a encantar e arrecadar o primeiro lugar – no valor de 300 Euros – no concurso de marchas populares organizado pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Com uma coreografia fortemente aplaudida pelo público, a marcha de Avô convenceu o júri que não se deixou afectar pelo percalço ocorrido no final dos sete minutos de actuação, altura em que o adereço principal da marcha foi fustigado pelas chamas.

De sublinhar, a solidariedade existente entre cada uma das sete marchas participantes no concurso, já que acabaram por ser elementos de outra marcha que começaram por extinguir as chamas com recurso a pequenos depósitos de água.

A água e as fontes foram, de resto, os elementos constantes na marcha de Nogueira do Cravo que arrecadou o segundo lugar no concurso, recebendo o prémio de 250 Euros.

Movida por uma temática semelhante, a marcha de Galizes alcançou o terceiro lugar nas Marchas Populares 2009, traduzido num prémio de 200 Euros.

Participada por mais de 800 pessoas, a iniciativa contou com sete marchas a concurso: Avô, Galizes, Gramaços, Lagares da Beira (Rancho e Associação), Meruge e Nogueira do Cravo.

O desfile contou ainda com a participação das marchas infantis do Centro de Desenvolvimento de Penalva de Alva e Jardim-de-Infância, Centro Paroquial de Seixo da Beira, das EBI da Cordinha, Lagares da Beira e Vale do Alva, das EB1 de Galizes e Santa Ovaia e, Obra D. Josefina. Milhares de pessoas concentraram-se na Avenida Dr. Carlos Campos e no Parque do Mandanelho para assistir ao desfile e actuação das marchas.

No palco para entregar a Viriato Gouveia o primeiro prémio do concurso de Quadras aos Santos Populares, o presidente da Câmara Municipal elogiou o trabalho realizado pelas marchas a concurso. “Como se pode ver, em Oliveira do Hospital, há gente de trabalho e criatividade”, referiu Mário Alves, garantindo que vai alterar o montante do subsídio destinado a apoiar cada marcha participante.

“Nós sabemos que há aqui muito dinheiro investido”, referiu o autarca que, ainda antes de conhecido o resultado do concurso, já realçava que todos eram vencedores “pela alegria” que provocaram naquela noite.

Sublinhe-se que na edição de 2009, a Câmara Municipal atribuiu, para além dos prémios aos três primeiros classificados, 500 Euros para a organização de cada marcha sujeita a concurso e um prémio de participação de 400 e 200 Euros a cada marcha sénior e infantil, respectivamente.

LEIA TAMBÉM

Ana Abrunhosa entregou quatro habitações reconstruídas em Seia

A presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa, entregou as chaves de quatro habitações (três na freguesia …

Dez detidos por tráfico de estupefacientes em Seia e Manteigas

O Comando Territorial da GNR da Guarda deteve dez pessoas, com idades entre 18 e …